Nos caminhos de Santiago em segurança

Abstract

Pelas suas características, os Caminhos de Santiago de Compostela enquadram-se no Turismo de Natureza e no Turismo Religioso atraindo um elevado número de turistas e peregrinos. Por ser um percurso ao ar livre e envolver o contacto directo com o meio ambiente, este tipo de percursos podem apresentar alguns perigos para os turistas/peregrinos, relacionados com o relevo, fauna e flora desconhecidos, condições climatéricas, etc…. Esta apresentação tem por objectivo abordar as questões de segurança relacionadas com percursos pedestres, em geral e no caso concreto do Caminho Central de Santiago, bem como as boas práticas recomendadas para a redução do risco, permitindo aos peregrinos e/ou turistas efectuar o percurso com um nível de segurança acrescid

Similar works

Full text

thumbnail-image

Repositório Institucional da Universidade Católica Portuguesa

Provided a free PDF
oai:repositorio.ucp.pt:10400.14/20257Last time updated on 11/19/2016View original full text link

Having an issue?

Is data on this page outdated, violates copyrights or anything else? Report the problem now and we will take corresponding actions after reviewing your request.

We use cookies to improve our website.

Learn more