Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Influência do idioma inglês no número de citações de artigos publicados em periódicos brasileiros de Oftalmologia

By Rodrigo Pessoa Cavalcanti Lira, Rafael Marsicano Cezar Vieira, Fauze Abdulmassih Gonçalves, Maria Carolina Alves Ferreira, Diana Maziero, Thais Helena Moreira Passos and Carlos Eduardo Leite Arieta

Abstract

PURPOSE: To determine the association between language and number of citations of ophthalmology articles published in Brazilian journals. METHODS: This study was a systematic review. Original articles were identified by review of documents published at the two Brazilian ophthalmology journals indexed at Science Citation Index Expanded - SCIE [Arquivos Brasileiros de Oftalmologia (ABO) and Revista Brasileira de Oftalmologia (RBO)]. All document types (articles and reviews) listed at SCIE in English (English Group) or in Portuguese (Portuguese Group) from January 1, 2008 to December 31, 2009 were included, except: editorial materials; corrections; letters; and biographical items. The primary outcome was the number of citations through the end of second year after publication date. Subgroup analysis included likelihood of citation (cited at least once versus no citation), journal, and year of publication. RESULTS: The search at the web of science revealed 382 articles [107 (28%) in the English Group and 275 (72%) in the Portuguese Group]. Of those, 297 (77.7%) were published at the ABO and 85 (23.3%) at the RBO. The citation counts were statistically significantly higher (P<0.001) in the English Group (1.51 - SD 1.98 - range 0 to 11) compared with the Portuguese Group (0.57 - SD 1.06 - range 0 to 7). The likelihood citation was statistically significant higher (P<0.001) in the English Group (70/107 - 65.4%) compared with the Portuguese Group (89/275 - 32.7%). There were more articles published in English at the ABO (98/297 - 32.9%) than at the RBO (9/85 - 10.6%) [P<0.001]. There were no significant difference (P=0.967) at the proportion of articles published in English at the years 2008 (48/172 - 27.9%) and 2009 (59/210 - 28.1%). CONCLUSION: The number of citations of articles published in Portuguese at Brazilian ophthalmology journals is lower than the published in English. The results of this study suggest that the editorial boards should strongly encourage the authors to adopt English as the main language in their future articles.OBJETIVO: Determinar a associação entre a língua e o número de citações de artigos publicados em periódicos de oftalmologia brasileiros. MÉTODOS: Este estudo foi uma revisão sistemática. Artigos originais foram identificados a partir da revisão dos documentos publicados nos dois periódicos de oftalmologia brasileiros indexados no Science Citation Index Expanded - SCIE [Arquivos Brasileiros de Oftalmologia (ABO) e Revista Brasileira de Oftalmologia (RBO)]. Todos os tipos de documentos (artigos e revisões) listados no SCIE em inglês (Grupo Inglês) ou em português (Grupo Português), de 1º de janeiro de 2008 a 31 de dezembro de 2009, foram incluídos, exceto: editoriais; correções; cartas; e biografias. O desfecho primário foi o número de citações até o segundo ano após a data de publicação. Análise de subgrupo incluiu probabilidade de citação (citado pelo menos uma vez contra nenhuma citação), periódico e ano da publicação. RESULTADOS: A pesquisa na Web of Science revelou 382 artigos [107 (28%) no Grupo Inglês e 275 (72%) no Grupo Português]. Destes, 297 (77,7%) foram publicados na ABO e 85 (23,3%) na RBO. O número de citações foi significativamente maior (P<0,001) no Grupo de Inglês (1,51 - DP 1,98 - faixa 0 to 11) em comparação com o Grupo Português (0,57 - DP 1,06 - faixa 0 to 7). A probabilidade de citação foi estatisticamente superior (P<0,001) no Grupo de Inglês (70/107 - 65,4%) comparado com o Grupo Português (89/275 - 32,7%). Havia mais artigos publicados em Inglês na ABO (98/297 - 32,9%) do que no RBO (9/85 - 10,6%) [P<0,001]. Não houve diferença significativa (P=0,967) na proporção de artigos publicados em Inglês nos anos de 2008 (48/172 - 27,9%) e 2009 (59/210 - 28,1%). CONCLUSÃO: O número de citações de artigos publicados em Português em periódicos brasileiros de oftalmologia é menor do que o publicado em Inglês. Os resultados deste estudo sugerem que os conselhos editoriais devem incentivar fortemente os autores a adotar o Inglês como língua principal em seus artigos futuros

Topics: Linguagem, Oftalmologia, Bibliometria, Publicações de divulgação científica, Publicações científicas e técnicas, Fator de impacto de revistas, Artigo de revista, Language, Ophthalmology, Bibliometrics, Publication for scientific diffusion, Scientific and technical publications, Journal impact factor, Journal article
Publisher: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UNICAMP:oai:unicamp.sibi.usp.br:SBURI/9355
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.