Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Effects of predation, recruitment and disturbance events on the structure of incrusting marine communities of subtropical subtidal

By Edson Aparecido Vieira Filho

Abstract

Os processos que afetam o desenvolvimento e estruturação de comunidades incrustantes é um tema central em Ecologia. Entender como distúrbios naturais e antrópicos interagem com esses processos, e identificar os mecanismos responsáveis por sua recuperação, ou pela transferência da comunidade para outro estado de equilíbrio, são questões muito importantes, principalmente devido às diversas modificações recentes promovidas pela ação humana. Numa primeira fase, investiguei experimentalmente como as comunidades incrustantes do sublitoral são afetadas por diferentes pressões de predação, exclusão de predadores e diferentes taxas de recrutamento. Observei um fraco efeito da predação como um todo, não havendo relação entre o padrão de riqueza e a estrutura das comunidades com o padrão de pressão de predação. Além disso, a exclusão de consumidores teve efeitos pontuais, tanto para riqueza quanto para a estrutura da comunidade. O padrão de recrutamento mostrou grande associação com o padrão de riqueza, entretanto esse fator também não foi importante para explicar a variação na estrutura da comunidade. A grande variação em pequena escala da estrutura das comunidades indica que esses são processos locais, que podem não ser perceptíveis em uma escala maior, onde outros processos atuam. Interessado no efeito de distúrbios na estruturação de comunidades, simulei uma alteração no regime de predação e recrutamento, transplantando comunidades em desenvolvimento entre locais com valores extremos desses fatores. No geral, as comunidades transplantadas ficaram mais similares aos destinos do que à origem, independente da direção do transplante e no momento em que ele foi feito. Esse resultado evidencia a importância de condições pós-distúrbio na trajetória da comunidade em direção a um novo estado de equilíbrio. Entretanto, apesar de mais similares, elas não ficaram idênticas ao destino, evidenciando a existência de um legado dos momentos iniciais de desenvolvimentoProcesses affecting the development and the structure of incrusting communities are of central importance in Ecology. Understanding how natural or anthropogenic disturbance interact with such processes, and identifying the mechanisms by which communities recover, or otherwise develop to new stable states, is a very important question, particularly at present, after increased habitat modifications promoted by humans. I had first investigated, experimentally, how incrusting communities are affected by different predation pressure, exclusion of consumers and different recruitment rates. I observed a weak overall effect of predation and no relation between richness and levels of predation pressure. Besides that, the exclusion of predators showed only local effects, either on species richness or community structure. Recruitment rate was correlated to richness, but also it was not important to explain variations in community structure. The large variation at a very small scale, within localities, indicates that predation and recruitment act locally, and their effects may not be noticed in a large scale, where other processes are important. I was also interested in the effect of disturbance in the structure of communities, so I simulated an alteration of predation and recruitment regimes by transplanting developing communities between localities with extreme values of these factors. Overall, transplanted communities became more similar to destination, regardless of direction and moment of transplant. This result shows an important role of post-disturbance conditions guiding community development towards a new equilibrium state. However, although similar, transplanted communities did not become equal to destination, evidencing the existence of some legacy from early moments of developmen

Topics: Escala ecológica, Fauna marinha - Efeitos adversos, Equilíbrio ecológico, Resiliência, Memória ecológica, Ecological scale, Marine faunda, Ecological equilibrium, Resilience, Ecological memory
Publisher: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Biologia
Year: 2012
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UNICAMP:oai:unicamp.br:000876920
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.