Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Toda verdadeira historia é história contemporanea : a historiografia como passado-presente na obra de Benedetto Croce

By Raimundo Nonato Pereira Moreira

Abstract

Esta dissertação objetiva discutir os principais elementos teóricos e metodológicos presentes no cânone de interpretação historiográfica desenvolvido pelo historiador e filósofo italiano Benedetto Croce (1866-1952), segundo o qual toda verdadeira história é história contemporânea. Busca-se analisar as premissas centrais a partir das quais o autor postulou o caráter essencialmente contemporâneo subjacente ao conhecimento histórico, tese que foi desenvolvida nas obras Teoria e storia de/Ia storiografia (1917) e La storla come pensiero e come azione (1938). Este trabalho apresenta quatro momentos fundamentais. No primeiro, procede-se a contextualizaçào do conjunto da obra croceana no ambiente intelectual e político vigente na Itália, entre a segunda metade do século passado e a primeira metade do atuaL Em seguida, identificam-se as influências marcantes exercidas por Vico, Hegel e Marx sobre a teoria da história de Croce. No terceiro momento, através de um estudo sistemático dos volumes Teoria e storla de/Ia storlografia e La storla come pensiero e come azione, discutem-se os argumentos centrais utilizados pelo autor para sugerir a tese da contemporaneidade da história. Nas Considerações Finais, evidenciam-se alguns elementos relativos à atualidade das idéias de Croce no contexto da historiografia no final do século XXThis dissertation aims at discussing the chief theoretical and methodological elements inc1uded in the canon of historiographic interpretation as developed by the ltalian historian and philosopher Benedetto Croce (1866-1952), according to whom "every true history is contemporary history". It seeks to analyse the central premises upon which the author postulated the essentially contemporary character underlying historica1 knowledge, a theory developed in his works Teoria e storia de/Ia storiografia (1917) and La storia come pensiero e come azione (1938). This dissertation contains four primary parts. In the first one, the whole of Croce's work is contextualised within Italy's political and intellectual atmosphere between last century' s second half and the first half of the current one. Next, Vico, Hegel and Marx's remarkable influence on Croce's theory ofhistory is identified. In the third part, a systematic study of Croce's Teoria e storia della storiografia and La storia come pensiero e come azione is carried out and the main arguments provided by the author to support the theory of history' s contemporaneity are discussed. ln the last part, Final Considerations, some elements relative to Croce's ideas' topicality within the context of the last part of XXth century's historiography are made eviden

Topics: Historiografia, Teoria do conhecimento
Publisher: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Year: 1999
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UNICAMP:oai:unicamp.br:000175935
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.