Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Atividade da NADH-redutase de metemoglobina em hemolisado e membranas eritrocitarias de pacientes hansenianos sob tratamento sulfonico

By Dirceu Dalpino

Abstract

Nós efetuamos determinações da série vermelha, dosagem da sulfonemia, dosagem de metemoglobina, contagem de reticulócitos e dosagem da atividade enzimática da NADH-diaforase no hemolisado e nas membranas dos eritrócitos livres de hemoglobina em 72 pacientes portadores de hanseníase com idade variando entre 22 e 89 anos, todos ingerindo doses diárias de 100 mg de D.D. S. Estes paciente encontravam-se internados no Instituto Lauro de Souza Lima de Bauru, S.P., ou atendidos no serviço de ambulatório do mesmo Instituto. Para compor o grupo controle foram selecionados, aleatoriamente, 72 pessoas normais, não ingerindo medicamentos, com idade variando entre 20 e 90 anos. F oram encontradas diferenças estatísticas significativas nas variáveis da série vermelha, dosagem de metemoglobina, contagem de reticulócitos e na atividade enzimática da NADH-redutase nas membranas eritrocitárias entre os dois grupos. A atividade enzimática da NADH-redutase no hemolisado não apresentou diferença estatística significativa quando feita a correção pela taxa de hemoglobina. O nível de metemoglobina foi superior nos portadores de hanseníase em relação ao grupo controle, provavelmente devido à ação oxidante da sulfona. O balanço entre a oxidação e a redução do ferro ligado ao heme determina o nível de metemoglobina no eritrócito. A NADH cito cromo b5 redutase eritrocitária reduz o cito cromo b 5 férrico, gerado a partir de uma redução não enzimática da metemoglobina pelo citocromo b5 reduzido 72,83. Neste trabalho, nós medimos a atividade da NADH-redutas~ I no hemolisado e nas membranas eritrocitárias intactas, dos pacientes portadores de hanseníase ingerindo sulfona na dose de 100 mg ao dia. A atividade foi determinada de acordo com a técnica descrita por Scott73, com algumas modificações. Nós incubamos os eritrócitos por um tempo de 60 minutos com uma solução de NaN02 a 1%67. As membranas eritrocitárias (ghost cells) foram preparadas de acordo com a técnica descrita por Dodge e colaboradores21. A média enzimática no hemolisado dos pacientes e do grupo controle não apresentou diferença estatística significativa quando corrigida pela hemoglobina. A atividade enzimática nas membranas eritrocitárias foi inferior e estatisticamente significativa com relação ao grupo controle. Isto pode ter ocorrido pelo aumento do nível da fração solúvel da enzima e diminuição da fração ligada à membrana eritrocitária, devido à constante ação oxidante da sulfona. O consumo de NADH-redutase é aumentado e como os eritrócitos não possuem capacidade de produzir mais enzima devido não possuírem organelas citoplasmáticas, existe uma tendência à diminuição desta atividade. O cito cromo bs e a NADH-citocromo bs redutase ou NADH redutase, que constituem o sistema de redução da metemoglobina no eritrócito maduro, originam-se do retículo endoplasmático dos precursores nucleados dos eritrócitos. O agente solubilizante possivelmente seja uma protease produzida pelo lisosomas das células imaturas72. Provavelmente, nos hansenianos, a atividade da NADH-redutase ligado à superficie interna da membrana eritrocitária esteja diminuída pelo aumento da atividade da fração solúvel da enzima. A enzima ligada à membrana é uma forma precursora da enzima solúvel no Citoplasma e ambas são reguladas similarmente por um mecanismo de controle genético43. A sulfona promove um aumento da atividade enzimática no sobrenadante de membrana eritrocitárias após o tratamento das mesmas com a droga, sendo dose dependente4, contudo a atividade enzimática no hemolisado de pacientes portadores de hanseníase, medicados com sulfona, apresentou níveis semelhantes aos do grupo controle5O. Tendo em vista termos encontrado níveis menores de atividade enzimática nas membranas eritrocitárias dos hansenianos e níveis coincidentes no hemolisado em comparação com um grupo controle, podemos afirmar que provavelmente isto deve-se ao deslocamento enzimático da membrana celular para o citoplasma, com o objetivo de manter o eritrócito em equilíbrio hemoglobínico constante, apesar da ação oxidante da sulfonaWe measured in the blood samples of 72 adults leprosy patients who were ingesting 100 mg of dapsone/day, the levels of erythrocytes, hemoglobin, methemoglobin, sulfone and reticulocytes. NADH-methemoglobin reductase was measured in the hemolysate and ghost cells. AlI subjects were impatients of Instituto Lauro de Souza Lima - Bauru S.P. Brazil. IdenticaI tests, except sulfone were applied in the blood samples of 72 heaIthy individuais that not ingested oxidant drugs. The means of the erythrocytes, hemoglobin,hematocrit and hematological indexes were among patients lower than healthy individuais, what is due to the hemolytic effect of dapsone. An important mechanism for oxidant drug-induced hemolysis is because some of these drugs generate hydrogen peroxide by their reaction with hemoglobin17. The mean levei of methemoglobin in the leprosy patients was higher than in the control group, ando it' s also due to the action of dapsone, which has great potentiaI to cause an increased methemoglobin level5O. A balance between the oxidation and reduction of heme iron determines the levei of methemoglobin in erythrocytes. The NADH cytochrome bs reductase of the erythrocytes reduced the ferric cytochrome b s generated from nonenzymatically reduction of methemoglobin by ferrous form of cytochrome bs 72. In this work we measured NADH-reductase activity in he1110lysate and intact ghost cell of the leprosy patients who were ingesting dapsone. The enzimatic activity was determined by spectrophotometric assays as previously described by Scott73, with slight modifications. We incubated the washed erythrocytes for 30 minutes in a solution containing 1 % (wt/vol) NaNOz 67. The erythrtocyte ghosts were prepared according to Dodge et at21. The mean enzyme activity..in the hemolysate of the leprosy patients and the healthy individuaIs has not differed significantly when expressed in UI/gr.Hemoglobin/l, but the mean enzyme actiyity in erythrocytes ghost from leprosy patients was significantly smaIler then that erythrocyte ghosts ITom healthy individuais. The present observation may be explained by the increased leveI of methemoglobin in the erythrocyte citoplasm of the patients. The consumptiom of the NADH-reductase is increased and the erythrocytes did not produce more enzymes becaus"e that cell during the maturation stages develops extrusion of its nucleus and decrease it' s number of ribosomes (cytoplasmic organelles) where this enzyme is likely produced6. The NADH-methemoglobin reductase reduces cytochrome bs, which converts non-enzymically methemoglobin into hemoglobin83.. Hultquist et aI, 1974, suggest the microssomal origin of this protein by comparing the trypsin-digest cytochrome b5 of erythrocytes with trypsin solubilized cytochrome b5 from human liver microssomes72. The cytochrome b5 and NADH-cytochrome b5 reductase, which constitute the methemoglobin reducing system of mature human erythrocytes, originate from the endoplasmic reticulum of nuc1eated red cell precursors. The solubilizing agent is possibly a protease provided by lysosomes of the immature red cells 72. It's us therefore likly that leprosy patients, the consuption of erythrocyte membrane and soluble cytoplasmic NADH-reductase enzyme is increased due to raising of the methemoglobin leveI. The membrane NADH-reductase enzyme is a precursor form of the soluble cytoplasm enzyme and both are regulated by a similar related genetic control mechanism43. Dapsone promotes the increase in enzyme activity in the supernatant of ghost suspension after treatment with the drug, and was dependent on Dapsone concentration

Topics: Hanseniase, Metoglobinemia, Membrana eritrocitica
Publisher: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Ciências Médicas
Year: 1997
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UNICAMP:oai:unicamp.br:vtls000132252
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.