Location of Repository

Influencia da evolução do tecido granulomatoso sobre a biodisponibilidade da amoxicilina : estudo ex vivo, em ratos

By Francisco Carlos Groppo

Abstract

Apesar da extensa utilização e longo período de tempo decorrido desde a descoberta das penicilinas, alguns aspectos sobre sua farmacocinética ainda não estão bem esclarecidos. O intuito deste trabalho foi avaliar a distribuição da amoxicilina, em uma lesão do tipo crônica, correlacionada à sua concentração sérica. Para tanto, utilizamos 160 ratos, nos quais foram implantadas quatro esponjas de PVC. Após decorridos 7, 14, 21 e 28 dias da implantação, os animais receberam a amoxicilina, por via oral, nas doses de 3,57; 7,14; 40 e 80 mg/kg. Os animais controle receberam solução salina de cloreto de sódio a 0,9%. Decorrido uma hora da administração, os tecidos granulomatosos, bem como amostras de sangue foram colhidas. Os tecidos foram dispostos em placas de Petri, previamente inoculadas com 108 u.f.c. de Staphy/ococcus aureus (ATCC 25923) em ágar Mueller Hinton. As amostras de sangue foram centrifugadas e os soros obtidos (1 O~L), distribuídos em discos de papel. Após um período de incubação de 18 horas, os halos de inibição foram medidos e anotados para posterior análise. Previamente, foi construída uma curva de regressão, com o halo de inibição em função do logaritmo de concentrações conhecidas da droga. Através da análise de variância, observou-se que não havia diferença estatisticamente significante (a=0,01) nos períodos de tempo estudados, para uma mesma dose. Os resultados levam a crer que a penetração da droga, para o interior do tecido granulomatoso, não foi prejudicada pela evolução do mesmoSince the penicillin was discovered many studies have been carried out in order to justify its large use, however in some aspects about pharmacokinetics properties have not yet well understood. The subject of this study was to evaluate the penetration of amoxicillin in chronic lesion, as well as in serum levels. We used 160 rats with four PVC sponges previously implanted in the back. After 7, 14, 21 and 28 days of sponge introduction, the animais received 3.57 mg/kg, 7.14 mg/kg, 40 mg/kg and 80 mg/kg of p.o. amoxicillin. Control animais received NaCI 0.9% solution. One hour often the administration of drug, the tissue and blood samples were collected and were placed on Petri dishes, previously inoculated with 108 c.f.U. of Staphy/ococcus aureus (A TCC 25923) in Mueller Hinton agar. The blood samples were centrifuged and the serum (10 j.JL) was placed on 6.25 mm (diameter) paper disks. After 18 hours of incubation the diameters of inhibition zones were measured and registered for later analysis. A regression curve had been was made with the diameters of inhibition zones and the log of concentration of drug. The variance analysis showed no statistically significant differences (a=0,01) between the time periods and the ~oses of amoxicillin. The results suggest that the penetration of the drug is not changed by the time of development of the tissu

Topics: Antibioticos beta-lactamicos, Medicamentos - Biodisponibilidade, Microbiologia farmaceutica, Testes de sensibilidade bacteriana
Publisher: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba
Year: 1996
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UNICAMP:oai:unicamp.br:vtls000114518
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.