Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Distribuição da imunorreatividade à doublecortina no prosencéfalo de pombos adultos (Columba livia): avaliação dos efeitos de diferentes condições de alojamento

By Fernando Falkenburger Melleu

Abstract

TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.A doublecortina (DCX) é uma proteína associada a microtúbulos crítica para a migração radial e tangencial de neurônios imaturos, tanto no cérebro em desenvolvimento quanto no adulto. No cérebro de mamíferos adultos neurônios recém formados no hipocampo e da zona subventricular (SVZ) são imurreativos à DCX (DCX+). Oito pombos (Columba livia, Columbiformes), entre 8 e 10 meses de idade e peso corporal de 380 a 420g, foram alojados em duas diferentes condições ambientais (enriquecida, n=4 e nãoenriquecida, n=4). Após um período de 40 dias os animais foram perfundidos (com solução sacarose 9,25% seguida de de 4% paraformaldeído em PBS 0,01 M) sob overdose de anestesia (Cetamina e Xilazina). Os cérebros foram removidos e seccionados em criótomo a uma expessura de 50um. Essas secções foram então submetidas a reações imunohistoquímicas (anticorpo policlonal de coelho Anit-DCX, Abcam, secundário anti-coelho biotinilado revelado pelo método ABC, Vector, reação colorimétrica com DAB, Sigma) para marcação da DCX. As secções telencefálicas de quatro animais do ambiente não-enriquecido foram observadas sob microscópio óptico e fotografadas para a descrição da distribuição total de células e fibras imunorreativas à DCX. Secções contendo o hipocampo de todos os animais dos dois grupos experimentais foram, da mesma forma, observadas e fotografadas e as células DCX+ hipocampais foram contadas. Constatamos que doublecortina é amplamente distribuída no telencéfalo de pombos adultos. Observamos células e fibras DCX+ na SVZ, hipocampo, estriado, hyperpallium apicale, arcopallium, mesopallium, nidopallium, área septal e bulbo olfativo. Pudemos descrever também as vias principais de migração celular no prosencéfalo desse animais. Além disso nossos dados indicam que, como em roedores, existe diferença estatisticamente significante no número de células DCX+ hipocampais entre os dois grupos experimentais

Topics: Hipocampo, doublecortina, Columba livia, ambiente enriquecido
Publisher: Florianópolis, SC.
Year: 2015
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/132348
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.