Location of Repository

Pessoas em situação de rua, uso de drogas e o consultório de rua

By Deidvid de Abreu

Abstract

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Mental e Atenção Psicossocial, Florianópolis, 2013.Esta pesquisa social em saúde caracterizou-se como exploratório descritiva com abordagem qualitativa. Teve como objetivos Compreender aspectos sobre a situação de estar na rua, o uso de drogas e o atendimento do Consultório de rua; Correlacionar informações colhidas em campo com o relatório final do Consultório de Rua; Conhecer as ações realizadas pelo Consultório de Rua e sua contribuição no acesso à saúde; e Identificar processos de inclusão e exclusão social vivenciados pela população em situação de rua. Os sujeitos de pesquisa foram 15 pessoas em situação de rua, 12 homens e 3 mulheres, entre 20 e 59 anos.Os dados foram coletados no período de março a junho de 2013, no centro da cidade de Florianópolis, Santa Catarina. Os encontros com os sujeitos de pesquisa foram através de abordagens no próprio espaço da rua. O principal instrumento de coleta de dados foi a entrevista semiestruturada, sendo esta gravada em áudio. Além da entrevista, o pesquisador também utilizou a observação participante. Foram utilizados ainda, para obtenção dos dados, o relatório final do Consultório de Rua e os diários de campo dos profissionais. Para organização e análise dos dados utilizou-se as técnicas da Análise de Conteúdo de Bardin (1979) e Minayo (2010). Os resultados evidenciaram uma maior presença de homens adultos em situação de rua, em geral possuem baixa escolaridade e grande parte estão afastados de suas casas há mais de 5 anos. Todos já usaram pelo menos um tipo de droga. O álcool é a droga mais consumida, seguida do tabaco, cocaína, crack e maconha. Dos 15 entrevistados, apenas 4 conheciam o Consultório de Rua, estes conheciam pouco suas atividades. As principais atividades realizadas pelo Consultório de rua foram os atendimentos individuais por meio de acolhimentos e as escutas, orientação para cuidados de saúde e encaminhamentos para a rede de saúde e assistência social. O Consultório de rua contribuiu no acesso a saúde, mas ainda de forma muito irregular. Percebeu-se uma relação próxima entre o Consultório de Rua e os serviços da Política de Assistência social. Foram identificados diferentes processos de violências sofridos pela população em situação de rua, desde violências físicas a expulsões de lugares públicos e cidades. Por fim, podemos considerar que as pessoas em situação de rua encontram-se em processos de vulnerabilidade social, tendo em vista os diferentes fatores apresentados nesta pesquisa. Conclui-se, portanto, que o Consultório de Rua, caminha na direção de se constituir como um dispositivo de cuidado e atenção à população em situação de rua que faz uso de álcool e outras drogas, necessitando de maiores investimentos para que seja mais conhecido e difundido na cidade pesquisada. <br>Abstract : This research social in health was characterized as an exploratory descriptive qualitative approach. The goals were: understanding aspects of the situation of being on the street; drug's use, the care of Clinic of Street and to correlate information collected in the field with the final report of Clinic of Street. In addition to this, to meet the actions taken by Clinic of Street and its contribution to access the health care, and identify processes of social inclusion and exclusion experienced by homeless people. The research subjects were 15 homeless people, 12 men and 3 women, aged between 20 to 59 years old.The data were collected from March to June 2013, in the City center of Florianópolis, Santa Catarina. The meetings between the researcher and the homeless people happened in the space of the street. The main instrument for data collection was a semi-structured interview, which were recorded on audio. Besides the interview, the researcher also used the participant observation. Furthermore, were also used to obtain the data, the final report of Clinic of Street and field diaries of professionals. After this, for to organize and analyze the data were used the techniques of content analysis of Bardin (1979) and Minayo (2010).The results showed a higher presence of men in the streets, generally they have low education and most of them are away from their homes for more than five years. All of them have used at least one type of drug. Alcohol is the most abused drug, followed by tobacco, cocaine, crack and marijuana. Of the 15 respondents, only 4 knew Clinic of Street and they knew about little activities. The main activities developed by Clinic of Street were the individual assistance through attentive listening, orientation to health care and referrals to a network of health and social care. The Clinic of Street contributed to expand the access to health care, however, still is very unequal, and it's not enough. There is a close relationship between the Clinic of Street and the services of social assistance policy. It was possible to identify different processes of violence suffered by homeless people, such as physical violence when they are expelled of public places and cities. Finally, should be considered that the people on the streets are in processes of social vulnerability, according to the different factors presented in this research. Therefore, the conclusion is that the Clinic of Street is becoming a important strategy for homeless people, who are addict to drugs, especially because provides health care and attention for these people. However, the Clinic of Street needs more investment and divulgation, for to become better known and widespread in the city surveyed

Topics: Ciencias medicas, Saude mental, Abuso de substâncias, Pessoas desabrigadas, Uso de drogas
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/106896
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.