Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Parâmetros projetuais para implantação de sanitários secos desidratadores com desvio de urina (SSDU)

By Alexandra Lima Demenighi

Abstract

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2013Sistemas convencionais de coleta e tratamento de esgotos além deu tilizarem grande quantidade de água para transportar os dejetos apresentam níveis de eficiência técnica e econômica nem semprecompatíveis com o contexto em que são implantados. Diante da escassezdos recursos naturais, principalmente da água potável, ressalta-se aimportância de que a intervenção humana no ciclo hidrológico se dê deforma mais sustentável.O sistema de saneamento seco não utiliza água para o seufuncionamento. As fezes, pela possibilidade de conter organismospatogênicos são coletadas e armazenadas para posterior tratamento etransformadas em um produto seguro para ser devolvido ao solo. A separação da urina, nestes sistemas, apóia-se em vários estudos realizados que demonstram sua aplicação como fertilizante por ser livrede organismos patogênicos. Estes fundamentos estão aplicados nosistema de saneamento proposto, denominado: Sanitário Seco Desidratador com Desvio da Urina (derivado da sigla em inglês - UDDT- Urine Diversion Dehydration Toilets), que considera os ?dejetos?recursos, constituindo valiosos fertilizantes para o solo, fechando o ciclode nutrientes e eliminando qualquer geração de resíduos.Neste trabalho, realizou-se estudos de caso em locais que utilizaram este sistema como opção de saneamento, com a intenção de identificar os parâmetros projetuais para sua implantação.Como resultado, se definiu uma tipologia de Sanitário Seco Desidratador com Desvio de Urina dimensionado pelo número de ocupantes adaptado para as condições brasileiras, especificando os componentes de projeto do sistema de coleta e armazenamento das fezes e urina. A operação do sistema e as recomendações para o gerenciamento e tratamento das fezes e urina humanas também foram alvo da pesquisa afim de promover o uso da tecnologia em condições de salubridade a favor dos recursos naturais. <br>Conventional systems for collecting and treating sewage besides using large amounts of water to carry the waste present levels of technical and economic efficiency is not always compatible with the context in which they are deployed. Given the scarcity of natural resources, especially drinking water, it emphasizes the importance of human intervention in the water cycle takes place in a more sustainable way. The sanitation system does not use water for dry operation. Faeces, by the possibility of containing pathogenic organisms are collected and stored for later treatment and transformed into a safe product to be returned to the soil. The separation of the urine, these systems relies on several studies that demonstrate its application as a fertilizer to be free of pathogenic organisms. These fundamentals are applied in the proposed sanitation system, called: Sanitary Dry Dehydrator with Offset Urine (derived from the acronym - UDDT - Urine Diversion Dehydration Toilets), which considers the "waste" resources, providing valuable fertilizer to the soil, closing the nutrient cycle and eliminating any waste. This work was carried analyzing out case studies in places that used this system as an option for sanitation, with the intention of identifying the parameters projectuais for its implementation. As a result, we defined a typology of Sanitary Dry Dehydrator with Urine diverting scaled by the number of occupants adapted to Brazilian conditions specifying the components of the system design for collection and storage of urine and faeces. The operation of the system and recommendations for the management and treatment of human feces and urine were also targeted research to promote the use of technology in health conditions in favor of natural resources

Topics: Engenharia civil, Saneamento, tecnologia, Instalações hidráulicas e sanitárias, Sustentabilidade
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/106740
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.