Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

O saber-poder psiquiátrico no interior da instituição judiciária e as tecnologias de normalização que produzem identidades e atestam anormalidades

By Sócrates Fusinato

Abstract

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito.Trata-se de estudo que investiga algumas relações, possíveis de serem traçadas, entre racionalização e poder. Intenta-se analisar estas relações em um domínio específico que se enraíza em uma experiência fundamental: a loucura. Não para constatar se a loucura se conforma ou não aos princípios da racionalidade, mas para esquadrinhar a que tipo de racionalidade a sociedade, por intermédio da Psiquiatria e do Direito, recorre para lidar com tal experiência. Enquanto elemento anormal, mas contudo normalizável, a loucura é peça-chave da presente trama. E já não pode ser entendida em separado, não pode ser discernida como elemento que opera do lado de fora do corpo social. Isso porque a loucura figura como dispositivo que atua em prol da manutenção das relações de poder que operam a partir de saberes impregnados de um senso de normalidade. A loucura positivada é produtora de individualidades. A loucura produz e é produzida. Eis o efeito positivo das relações de saber-poder que tornam-na produto de um julgamento moral, socialmente convencionado, psiquiatricamente compreensível e juridicamente legitimad

Topics: Direito, Psiquiatria, Loucura
Publisher: Florianópolis, SC
Year: 2005
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/102790
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.