Location of Repository

Análise da efetividade de diferentes instrumentos rotatórios no procedimento de implantoplastia

By José Moisés de Souza Júnior

Abstract

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-graduação em Odontologia, Florianópolis, 2012O objetivo deste trabalho foi analisar o aumento da temperatura no implante e no osso adjacente, tempo do procedimento, rugosidade da área e qualidade da superfície desgastada por diferentes instrumentos rotatórios no procedimento de implantoplastia. Os grupos foram formados de acordo com o tipo de instrumento rotatório, utilizado para o desgaste da superfície do implante: G1) ponta diamantada, G2) broca carbide e G3) broca multilaminada. Cada grupo apresentou 12 amostras. Após a inclusão parcial dos implantes em bloco de osso cortical de fêmur bovino, o tempo de procedimento e o aumento de temperatura foram registrados por um sistema de aquisição de dados. O MEV e rugosímetro foram utilizados para avaliar a qualidade e rugosidade da superfície, respectivamente. Nesses testes foi utilizado um grupo controle (componente protético). O nível de significância foi determinado como o valor de 5% (P < 0,05). Quanto ao aumento de temperatura no osso, não houve diferença estatística (P > 0,05). Já na avaliação da temperatura no implante, o G2 apresentou os melhores resultados (P < 0,05). G3 apresentou o menor tempo para execução da implantoplastia (P < 0,05). A rugosidade de todos os grupos testes foram inferiores ao grupo controle (P < 0,05). Entretanto, não houve diferença estatística quando os grupos testes foram comparados entre si (P > 0,05). Na avaliação qualitativa no MEV, todos os grupos se apresentaram inferiores ao grupo controle. Entre os grupos testes, o G1 apresentou piores resultados (P < 0,05). Todos os instrumentos rotatórios testados realizaram a implantoplastia satisfatoriamente. Contudo, a broca carbide mostrou-se mais eficiente, pois causou uma menor alteração na temperatura do implante além de ter uma melhor avaliação qualitativa da sua superfície junto ao MEV.In this research, 62 patients were divided in a random way in two groups of 31 patients each were evaluated. In both groups two kinds of clinical examinations were performed. One examination, described as #with pain was the periodontal clinical examination properly said, with a periodontal probing, through the use of a millimeter probe. The other examination described as #with pain# was characterized because of being a traditional clinical examination with a buccal mirror and explorer probe. In the first group a sequence of examinations #with pain/without pain# was performed, and in the second group, the sequence of exams #without pain/with pain# was performed. After the performance of every examination, a numerical scale with values from 0 to 10 was used, for the patient to indicate the level of pain/discomfort felt. Afterwards, they had to choose which sequence of nonsurgical periodontal treatment they would adopt, if in one single session or if they would prefer to separate the treatment in two sessions. The main results of the study showed that patients had a significant sequence not to include periodontal treatment in a single session as the level of pain caused by the examination was increasing [â = -0.18, SE = .07, P = 0.01]

Topics: Odontologia, Implantes dentários, Peri-implantite
Year: 2012
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/101015
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.