Location of Repository

Arte-vida-corpo-mundo, segundo Hélio Oiticica

By Flávia Letícia Biff Cera

Abstract

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura.Esta tese trabalha algumas obras e conceitos do artista Hélio Oiticica (1937-1980). Partindo do conceito de acontecimento, nossa hipótese é que Oiticica era um inventor de acontecimentos, porque entendia a arte como a criação de uma possibilidade de vida. Hélio abandona a concepção de objeto autônomo de arte para pensar a experiência, a relação, com o objeto. Isto implicou a mudança do conceito de espectador para participador, iniciando assim uma política de alteridade. De modo que suas proposições foram ganhando contornos de invenções de mundo. Foram quatro eixos que elegemos para pensar essas questões: Apocalipopótese, evento coletivo de 1968; Subterrânia, conceito que Oiticica elege para pensar suas proposições; Parangolés, as capas que pensou e repensou durante toda a vida; e Cosmococas, suas experiências de quase-cinema

Topics: Literatura, Arte
Publisher: Florianópolis
Year: 2012
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/100606
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.