Location of Repository

A Historicidade das práticas de cuidado na Maternidade Carmela Dutra (1956-2001)

By Vitória Regina Petters Gregório

Abstract

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2011Pesquisa qualitativa de abordagem sócio-histórica com objetivo de historicizar as práticas de cuidado das enfermeiras no espaço da Maternidade Carmela Dutra (MCD), no período de 1956 a 2001. Foi utilizada a técnica de História Oral Temática. As fontes orais do estudo foram nove enfermeiras. A coleta de dados utilizou a entrevista semiestruturada. O estudo atendeu a Resolução 196- 96 CNS e aprovação no CEP- UFSC 003-9. Os dados foram analisados pela técnica da análise de conteúdo temática e com base no referencial foucaultiano. Os resultados obtidos foram apresentados na forma de três artigos. No primeiro artigo, "História do cuidado à mulher na Maternidade Carmela Dutra em Florianópolis-SC/Brasil (1956-2001)", o objetivo foi analisar as práticas de cuidado desenvolvidas pelas enfermeiras para a mulher na Maternidade Carmela Dutra de Florianópolis, no período de 1956 a 2001. Nesse artigo abordei questões relacionadas com o contexto da Maternidade e as práticas de cuidado à mulher na admissão; no parto e no puerpério. Concluiu-se que, apesar do poder instituído pelos médicos e parteiras, as enfermeiras empreenderam lutas e resistências, para conseguir melhores condições de trabalho e garantir cuidado de enfermagem à mulher. O segundo artigo, "História do cuidado ao recém-nascido na Maternidade Carmela Dutra em Florianópolis-SC/Brasil (1956-2001)", teve como objetivo analisar as práticas de cuidado desenvolvidas pelas enfermeiras ao recém-nascido na Maternidade Carmela Dutra de Florianópolis-SC, no período de 1956 a 2001. Nesse artigo foram destaques as práticas de cuidados ao recém-nascido como eram e as mudanças que ocorreram no período analisado. O estudo possibilitou conhecer o cotidiano do trabalho das enfermeiras, iluminando o interior das práticas de cuidado ao recém-nascido e as relações de poder-saber, fortalecendo sua identidade e colaborando para a construção profissional. No terceiro artigo, "As estratégias do poder no contexto da Maternidade Carmela Dutra-Florianópolis-SC/Brasil (1956-2001)", o objetivo foi analisar as estratégias do poder no contexto da Maternidade Carmela Dutra de Florianópolis - Santa Catarina, no período de 1956 a 2001. Nesse artigo foram abordadas as estratégias de poder presentes na instituição, como: espacialização, uniforme, registro das atividades e visita médica. Os resultados indicam que a atuação da enfermeira na Maternidade foi consolidando a sua profissionalização e promovendo sua ascensão na hierarquia da instituição e da sociedade. A evolução resultou numa emancipação da figura profissional da enfermeira, evidenciando o movimento e a flexibilidade do poder. A enfermeira convive no cotidiano da instituição com disputas, interesses e opressões enraizados nos contextos sociais, culturais e políticos revelados no interior das práticas de cuidado. A tese proposta para este estudo foi confirmada, pois a história das práticas de cuidado na MCD revelou uma disputa de espaço e de poder-saber entre os sujeitos que exerciam tal prática do cuidado. A enfermagem enquanto profissão de cuidado indicou que o saber das enfermeiras imprimiu uma nova ordem do cuidado, fortalecendo a identidade do profissional enfermeiro, demonstrando que as práticas do cuidado desenvolvidas na Instituição por diferentes sujeitos eram influenciadas por uma rede de poder-saber refletida em cada momento histórico no contexto institucional e político da época.A qualitative study of socio-historical approach in order to historicize the care practices of nurses within the Maternity Carmela Dutra (MCD) in the period 1956 to 2001. We used the technique of thematic oral history. Sources of oral study were nine nurses. The data was collected using a semistructured interview. The study was based on Resolution 196-96 approving the CNS and CEP-UFSC 003-9. The data were analyzed using thematic content analysis and based on the Foucaultian referential. The results were presented in the form of three articles. In the first article, "History of women care in the Maternity Carmela Dutra in Florianópolis - SC/Brasil (1956-2001)#, the objective was to examine the practices of care developed by nurses for women at the Maternity Carmela Dutra in Florianopolis, in the period 1956 to 2001. In this article I discussed issues related to the context of maternity care practices and the woman on admission, at delivery and postpartum care. It was concluded that, despite the power established by doctors and midwives, nurses waged struggles and resistance, to achieve better working conditions and ensure nursing care to women. The second article, "History of the care of newborns in the Maternity Carmela Dutra in Florianópolis - SC/Brasil (1956-2001)#, aimed to examine the practices of care developed by nurses for newborns in the Maternity Carmela Dutra in Florianópolis - SC, from 1956 to 2001. In this paper highlights were the practices of care for newborns as they were and the changes that occurred during the study period. The study has helped understand the daily work of nurses, illuminating the interior of care practices for newborns and relations of power-knowledge, strengthening their identity and contributing to the professional construction. In the third article, "Strategies of power in the context of Maternity Carmela Dutra # Florianópolis - SC/Brasil (1956-2001)," the goal was to analyze the power strategies in the context of the Maternity Carmela Dutra in Florianopolis - Santa Catarina, in the period 1956 to 2001. In this paper, the strategies of power present in the institution, such as spatialization, uniform, registration of activities and medical visits were approached. The results indicate that the role of the nurse in the maternity was consolidating its professionalism and promoting her rise through ranks of the institution and society. The development resulted in the emancipation of the nurse's professional figure, showing the movement and flexibility of power. The nurse lives daily in the institution with disputes, interests and oppressions rooted in social, cultural and political contexts and revealed within the health care practices. The thesis proposal for this study was confirmed as the history of healthcare practices in the MCD revealed a struggle for space and power-knowledge among the subjects who exercised such care practice. Nursing as a profession of care indicated that knowledge of nurses has given a new order of care, strengthening the identity of the professional nurse, showing that the practices of care developed in the institution for different subjects were influenced by a network of power-knowledge reflected in each historic moment in the institutional and political context of the time

Topics: Enfermagem, História, Enfermagem obstetrica, Enfermagem Neonatal, Cuidados de enfermagem
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/95251
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.