Location of Repository

A polifonia contemplada como construtora do interminável saber por meio do ato tradutório na tradução comentada e anotada do Sri Ramanuja Gita Bhasya

By José Raimundo Guimarães

Abstract

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2009O objetivo principal desta pesquisa é demonstrar e analisar a polifonia como construtora do saber por meio de atos tradutórios. Visando a demonstração de tal propósito, esta pesquisa conta com uma parcial tradução comentada e anotada, ao português, da obra Sri Ramanuja Gita Bhasya, que compreende o clássico filosófico-espiritual Bhagavad Gita, junto ao canônico BhaKya (comentário) de Sri Ramanuja (1017-1137). Ambos os textos foram escritos originalmente na língua sânscrita e traduzidos para o inglês da Índia por Svami Adidevananda (1912-1983), portanto, a minha tradução anexada a esta dissertação é uma tradução indireta, ou seja, do inglês indiano para o português brasileiro, mas com ênfase na terminologia filosófica do texto original em sânscrito e em seu aspecto milenar da cultura hindu. Essa estratégia tradutória foi fundamentada nos princípios da teoria funcionalista de Christiane Nord (2001), especificamente, na estratégia tipo documento-filológica. O fato de se tratar de uma tradução interlingual indireta, envolvendo a presença de várias vozes tradutoras enriquece o teor da tradução e da pesquisa que contempla tal aspecto, não como uma perda, ou melancolia (LAGES, 2007), mas, essencialmente, como somatória no processo de construção do saber por meio da produção textual tradutória.The main purpose of this study is to demonstrate and analyse the polyphony as constructor of knowledge by means of translational acts. Aiming at the demonstration of this purpose the present study includes a partial commented and annotated translation into Portuguese of the Sri Ramanuja Gita Bhasya, which includes the philosophical-spiritual classic Bhagavad Gita together with its canonical BhaKya (comment) by Sri Ramanuja (1017-1137). Both texts were originally written in Sanskrit and dranslated into Indian English by Svam Adidevananda (1912-1983). Thus the translation included in this dissertation is an indirect translation, from Indian English into Brazilian Portuguese, with emphasis on the original Sanskrit texts philosophical terminology and its millenar aspects of hindu culture. This translation strategy was based on Christiane Nords (2001) functionalist theory, more especifically her philological, document-type strategy. The fact of being an interlingual indirect translation that involves the presence of various translating voices is enriching thecontents of the translation and of the analysis that contemplates this aspect, not as a loss or melancholy (LAGES, 2007), but rather as an essential adding up in the process of building knowledge through texts produced by translation

Topics: Linguistica, Polifonia, Tradução e interpretação, Lingua sanscrita, Filologia
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/92257
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.