Location of Repository

Os vivos e os mortos, de W. Rio Apa : visão de mundo e linguagem

By Cristovão Tezza

Abstract

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e ExpressãoA presente dissertação analisa a obra Os vivos e os mortos, de W. Rio Apa, procurando relacionar visão de mundo e linguagem, sob a perspectiva da teoria de Bakhtin. Com esse objetivo, levanta a construção do espaço, do tempo, do homem e da natureza, como imagens literariamente construídas segundo uma cosmovisão unitária e centralizadora. Em seguida, analisa os processos de conciliação, operados na linguagem do narrador com a função de evitar o surgimento de pontos de vista ideologicamente constrastantes ou desagregadores da unidade postulada. O capítulo seguinte trata das formas composicionais - léxico, sintaxe e elemento poético - e de sua adequação à visão de mundo da obra. Finalmente, descreve-se o elemento épico como forma arquitetônica da narrativa, revendo-se a estratégica composicional do texto para torná-la convincente em meio à descentralização e à estratificação ideológica do mundo contemporâneo

Topics: Historia e critica, Ficção brasileira, Linguagem
Year: 1987
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/75402
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.