Location of Repository

The biological potency of recombinant human erythropoietin present in pharmaceutical preparations: comparative study between the B6D2F1 and Swiss Webster

By Márcia Cristina Lopes

Abstract

A avaliação da potência biológica da eritropoetina humana recombinante (rhEPO), presente em sete produtos farmacêuticos, foi efetuada, comparativamente ao Padrão biológico da Farmacopéia Européia F.E.(2002), em camundongos normocitêmicos fêmeas, de 8 semanas de idade da linhagem Swiss Webster (SW), através da administração subcutânea do hormônio, numa sequência logarítmica de base 3 (10, 30 e 90 Ul/animaì Â dose múltipla, subdividida em quatro sucessivas aplicações diárias, seguida da coleta de amostra sangüínea 24h após a última aplicação da dose múltipla, ilsando-se o método visual da hemólise seletiva, para a contagem dos reticulócitos. (...)Empregando o mesmo Padrão, confirmamos dados da literatura, que demonstram que a seqüência logarítmica das doses na base 2 (20, 40 e 80 Ul/animal), aplicadas em esquema de dose única seguida da coleta do sangue 96 h após, preconizada pela F .E., é menos discriminativa da seqüência na base 3, bem como comprovamos a maior sensibilidade e menor variabilidade dos resultados empregando-se a metodologia de dose múltipla, a qual proporcionou ensaios biológicos altamente válidos, evidenciados através da aplicação do método das retas paralelas (3:3,6 pontos) que revelou a elevada significância das regressões lineares (P<0,01) bem como desvios não-significativos da linearidade e do paralelismo (P>0,05). Uma primeira tentativa de aplicação do ensaio 2:2, 4 pontos, reduzindo significativamente o número de animais, revelou-se válida, porém, na vigência de variabilidade mínima dos resultados experimentais, meta que, embora difícil, espera-se seja atingida corri, o emprego do método automatizado de contagem dos reticulócitos, isto é, a Citometria de Fluxo, a qual é de precisão sensivelmente maior que o método visual. O estudo comparativo entre as linhagens B6D2Fl, preconizada pela F.E., e a SW, revelou maior sensibilidade da primeira (24 por cento), embora este valor se afigure relativo, face a significativa diferença entre os pesos corporais das fêmeas da B6D2Fl (16,8 a 20,2 g) e da SW (29,2 a 37,9 g) e ao fato da rhEPO ser aplicada por animal e não por unidade de peso. Por outro lado, as respostas proporcionais das fêmeas da linhagem SW, aos diferentes estímulos do hormônio, se afiguram suficientes para torná-la altamente sugestiva como alternativa válida, em termos de linhagem de camundongos normocitêmicos, para o ensaio biológico de potência da rhEPO

Topics: Eritropoetina Humana Recombinante, Erythropoietin Human Recombinant, Eritropoetina, Preparações Farmacêuticas, Hemólise
Year: 2004
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_FIOCRUZ:oai:localhost:icict/8436
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.