Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Understandings, practices and sociopolitical contexts of the uses of medications among Kaing??ng (Indigenous Earth Xapec??, Santa Catarina, Brazil)

By Eliana Elisabeth Diehl

Abstract

Os medicamentos s??o possivelmente a tecnologia biom??dica mais difundida no mundo, sendo demandados e utilizados pelas mais diversas popula????es. Quest??es que envolvem o uso e os entendimentos que os ??ndios Kaing??ng da Terra Ind??gena Xapec??, Santa Catarina, t??m a respeito dos medicamentos. Para o desenvolvimento da pesquisa (realizada de setembro de 1999 a fevereiro de 2000), utilizou-se a perspectiva da antropologia m??dica, em especial da antropologia farmac??utica, que ?? uma abordagem voltada para o estudo de medicamentos em contextos locais, analisando essa tecnologia como um fen??meno cultural e social e n??o somente como pertencente aos dom??nios da farmacologia e bioqu??mica. Atrav??s de m??todos antropol??gicos e epidemiol??gicos, buscou-se levantar dados sobre os diferentes setores que fazem parte dos sistemas de sa??de atuantes entre os Kaing??ng. Al??m disso, procurou-se examinar o tema ?? luz da rec??m implantada pol??tica de assist??ncia ?? sa??de para os povos ind??genas, baseada no modelo diferenciado de aten????o e nos Distritos Sanit??rios Especiais Ind??genas (DSEI). A precariedade em que vive a maioria da popula????o da aldeia Sede caracteriza-se por moradias inadequadas e pela falta de sistema de esgoto e de abastecimento de ??gua, bem como de um tratamento adequado ao lixo. As doen??as infecto-parasit??rias nas crian??as de 0 a 14 anos foram o principal motivo de consulta na "Enfermaria" da aldeia Sede. A an??lise das prescri????es m??dicas, da dispensa????o sem receita pelos atendentes/auxiliares de enfermagem e da "farm??cia caseira" os medicamentos encontrados nos domic??lios Kaing??ng revelou que alguns grupos terap??uticos se sobressaem, entre eles os antibacterianos, os analg??sicos n??o opi??ides, os antiparasit??rios, os ansiol??ticos e os anticonvulsivantes. A pluralidade de op????es terap??uticas dispon??veis aos Kaing??ng permite a busca de diferentes recursos de cuidado, cujo comportamento ?? influenciado pela maneira como os sistemas e setores de sa??de est??o organizados e interagindo, bem como pelos conhecimentos, cren??as, valores e pr??ticas espec??ficos a esse grupo ind??gena. Os dados do trabalho confirmam que n??o h?? uma medicina essencial, independente da hist??ria de intera????o entre diferentes culturas. Pensar a quest??o dos medicamentos no modelo diferenciado de aten????o ?? sa??de ind??gena permanece um desafio a ser superado

Topics: INDIOS SUL-AMERICANOS, SERVI??OS DE SAUDE, HABITOS DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS, ANTROPOLOGIA
Year: 2001
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_FIOCRUZ:oai:localhost:icict/4557
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.