Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Analysis of the implementation of the Family Health Strategy in two municipalities in the Agreste region of Pernambuco, Brazil

By Maria Aparecida de Souza

Abstract

O presente estudo est?? voltado para a avalia????o do grau de implanta????o da Estrat??gia Sa??de da Fam??lia (ESF) e para a an??lise do contexto desta interven????o em dois munic??pios do Agreste de Pernambuco, Brasil. Foi realizado um estudo do tipo avaliativo, ao qual incorporou-se um componente normativo. A an??lise de implanta????o procurou definir a influ??ncia dos determinantes contextuais sobre o grau de implanta????o da ESF, em duas cidades, uma habilitada na Gest??o Plena da Aten????o B??sica e outra na Gest??o Plena do Sistema Municipal. Na concep????o do desenho do estudo, adotou-se o quadro conceitual proposto por Contandriopoulos e colaboradores, que busca priorizar a reflex??o sobre implanta????o de programas. Para a compreens??o do contexto local, a an??lise foi ancorada no -tri??ngulo de governo- de Matus. As t??cnicas utilizadas foram a entrevista e a an??lise documental. As categorias de an??lise adotadas para determina????o do grau de implanta????o foram infra-estrutura e processo de trabalho e servi??os, e para a an??lise do contexto: projeto de governo, capacidade de governo e governabilidade. O grau de implanta????o alcan??ado pela ESF nos dois munic??pios foi classificado como insatisfat??rio de acordo com o sistema de escores empregado. Os resultados apontaram que apesar dos avan??os representados pela implanta????o ESF na reorganiza????o da aten????o b??sica local, os munic??pios avaliados n??o est??o utilizando plenamente o potencial deste programa como indutor de mudan??a do modelo assistencialConstatou-se que as atividades caracter??sticas do modelo assistencial baseado na concep????o de vigil??ncia em sa??de (promo????o da sa??de e preven????o da doen??a) est??o sendo desenvolvidas de forma incipiente pelas equipes de Sa??de da Fam??lia, que continuam privilegiando a cultura do modelo biom??dico, no qual a abordagem individual assume papel relevante e constitui o eixo central da maioria das atividades executadas. A an??lise do contexto chamou a aten????o para a baixa capacidade dos munic??pios em modificar esta situa????o, representada pela inadequa????o e insufici??ncia dos quadros t??cnicos, incipi??ncia de iniciativas intersetoriais, inexist??ncia de uma burocracia no sentido weberiano e baixa utiliza????o de instrumentos de planejamento e avalia????o, indicadores considerados essenciais para a modifica????o do modelo assistencial pela gest??o municipa

Topics: Programa Sa??de da Fam??lia, Avalia????o em Sa??de, Aten????o ?? Sa??de, Estudos de Avalia????o
Year: 2008
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_FIOCRUZ:oai:localhost:icict/3941
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.