Location of Repository

INTENSIDADES CORPORAIS E SUBJETIVIDADES CONTEMPORÂNEAS: UMA REFLEXÃO SOBRE O MOVIMENTO DA BODY MODIFICATION

By DANIELA PESSANHA TEIXEIRA

Abstract

O presente trabalho procurou investigar, à luz da concepção foucaultiana da constituição da subjetividade, os adeptos das práticas de marcação corporal extrema, tais como: tatuagem, piercing, escarificação, branding, cutting, suspensão, entre outras, concernentes ao movimento da Body Modification. Cada época produz um tipo de corpo que corresponde aos ideais de beleza e aos valores dominantes em uma sociedade. Reconhecendo que os adeptos da Body Modification constroem corpos que possuem um estilo divergente dos padrões presentes na sociedade ocidental, procurou-se refletir não somente sobre os efeitos destas práticas para estes indivíduos, mas também a respeito das conseqüências da sua presença em nossa sociedade. Para tanto, procedeu-se inicialmente a uma exposição da visão de Foucault sobre o poder e a maneira como as relações de poder investem os corpos produzindo formas de subjetivação. Foi realizado, também, um histórico das práticas de marcação corporal ao longo da humanidade para apontar o contexto em que surge o movimento da Body Modification e suas especificidades. Além disto, foram apresentadas as características principais do pensamento dos indivíduos que se submetem a estas práticas. Tendo por base a premissa, apresentada por Foucault, de que a subjetividade possui uma raiz corporal, este movimento é valorizado pela autora como uma nova forma de subjetivação contemporânea que busca resistir aos mecanismos coercitivos do poder.The present work investigates, based on the foucautian notion of the constitution of the subjectivity, the practitioners of extreme body marking such as tattooing, piercing, scarification, branding, cutting, suspension, among others. All these practices concern the greater movement of Body Modification. Each society produces different standards for what the ideal body should be according to the patterns of beauty and the dominant values of each particular time. Considering that the body constructed by the practitioners of Body Modification is divergent to western culture standards, this study tries to show how this perspective influences not only those who use it but also how its presence in our society has important consequences. To do so the study began with an exposition of Foucault´s notion of power and how power relations invest the bodies producing different forms of subjectivity. A historic approach on body marking also made it possible to understand in which context the Body Modification Movement and its specificities appeared. The narrative of the individuals who submit to these practices was also taken in consideration, and the main aspects of how they think their experience is presented in this work. Agreeing with Foucault´s premise that subjectivity has its roots on the body, the Body Movement is valued by the author as a new form of subjectivity which can offer an alternative for resistance in face of the coercive mechanisms of power of our contemporaneity

Topics: PODER, POWER, SUBJETIVIDADE, SUBJECTIVITY, CORPO, BODY, MODIFICACOES CORPORAIS, BODY MODIFICATION, PSICOLOGIA CLÍNICA
Publisher: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO
Year: 2006
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_PUC_RIO:oai:MAXWELL.puc-rio.br:9392
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.