Location of Repository

Remoção de matéria orgânica em sistemas de lagoas de estabilização no Nordeste brasileiro

By Odênia Alves de Lima Silva

Abstract

Lagoa de estabilização é a principal tecnologia utilizada para tratamento de esgotos domésticos no Nordeste brasileiro, devido ao menor custo de implantação, operação e manutenção, quando comparada com outras tecnologias. A maioria dos sistemas de lagoas de estabilização está em operação há bastante tempo, em média 10 anos de operação, recebem altas cargas orgânicas e não apresentam boas eficiências de remoção dos principais parâmetros a qual foram projetadas. Portanto, faz-se necessário um trabalho que quantifique a eficiência atual desses sistemas. O presente estudo avaliou a biodegradabilidade da matéria orgânica no esgoto bruto, a remoção da matéria orgânica nos reatores e a determinação da constante cinética de remoção de matéria orgânica (k), tanto nos reatores quanto no esgoto bruto, baseadas nas análises feitas em laboratório e através dos métodos matemáticos propostos pela literatura, em nove sistemas de lagoas de estabilização, no Rio Grande do Norte. Em relação à cinética de degradação em lagoas de estabilização, observou-se que muitos trabalhos publicados na literatura foram obtidos em sistemas em escala piloto, o que muitas vezes, devido à ação de fatores externos, tais como vento e temperatura, esses não podem ser considerados como referência na análise da constante cinética K, por isso a necessidade de se pesquisar mais em sistemas de escala real. Essa pesquisa teve três fases distintas e simultâneas: monitoração de rotina, estudo do ciclo diário e a determinação da constante cinética de degradação da matéria orgânica (K). O monitoramento mostrou que as eficiências de remoção de matéria orgânica, na maioria dos sistemas, estavam abaixo do sugerido pela literatura, sendo as melhores eficiências da ordem de 76% (DBO) e de 72% (DQO) e as piores da ordem de 48% (DBO) e 55% (DQO). O calculo do K no esgoto bruto (Ke) mostrou-se dentro da faixa de variação prevista na literatura (0,35 a 0,60 dia-1). Já para os resultados obtidos para K nos reatores (Kr), verificaram-se valores bem abaixo do preconizado pela literatura (0,25 a 0,40 d-1 para mistura completa e 0,13 a 0,17 d-1 para fluxo disperso), em consonância com as sobrecargas orgânicas a que os sistemas estão sujeitosStabilization pond is the main technology used for treatment wastewater, in northeast Brazil, due to lower cost of deployment, operation and maintenance compared to other technologies. Most systems of stabilization ponds has been in operation for some time, on average 10 years of operation, receiving high organic loads and do not have good removal efficiencies of the main parameters for which have been designed. Therefore it is necessary to work to quantify the efficiency of current systems. This study evaluated the biodegradability of organic matter in raw sewage, the removal of organic matter in reactors and determination of the kinetic constant removal of organic matter (k), both in reactors and in raw sewage, based on the analysis made in the laboratory and through mathematical methods proposed in the literature, in nine systems stabilization ponds, located in Rio Grande do Norte. In relation the degradation kinetics in stabilization ponds, it was observed that many papers published in the literature were obtained in pilot-scale systems, which often, due to the action of external factors such as wind and temperature, these can t be considered as a reference in the analysis of the kinetic constant K, so the need for more research into systems of scale. This study had three distinct phases and simultaneous, routine monitoring, study of the daily cycle and the determination of kinetic constant of degradation of organic matter (K). The monitoring showed that the removal efficiencies of organic matter on most systems were lower than suggested by the literature, the best efficiencies of around 76% (BOD) and 72% (COD) and the worst of the order of 48% (BOD) and 55% (COD). The calculation of K in raw sewage (Ke) was within the range of variation expected in the literature (0.35 to 0.60 days-1). Already for the results obtained for K in the reactors (Kr), there were well below the values recommended in the literature (0.25 to 0.40 d-1 for complete mix and from 0.13 to 0.17 d-1 for flow dispersed), in line with the overloads that organic systems are subjec

Topics: Lagoas de Estabilização, Remoção da matéria orgânica, Constante cinética, Stabilization ponds, Removal of organic matter, Kinetic constant, CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFRN:oai:repositorio:123456789/15984
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.