Location of Repository

Desenvolvimento de dispositivos microfluídicos em poliéster-toner para diagnósticos clínicos com detecção colorimétrica

By Fabrício Ribeiro de Souza

Abstract

O presente trabalho descreve a construção de dispositivos em poliéster-toner (DPTs) minimamente instrumentados para conduzir, pela primeira vez, diagnósticos clínicos utilizando detecção colorimétrica e transporte microfluídico com ação capilar. Uma câmera digital convencional, uma câmera de celular, um microscópio óptico e o modo scanner de uma impressora multifuncional foram avaliados como detectores colorimétricos. No estudo do desempenho analítico utilizou-se uma plataforma com nove zonas de detecção impressas diretamente em uma folha de poliéster. Todos os dispositivos eletrônicos avaliados podem ser aplicados como detector colorimétrico. Entretanto, o scanner demonstrou facilidade no controle dos dois problemas que dificultam a aquisição das imagens: quantidade de luz do ambiente e foco. Frente a essa facilidade, realizou-se um estudo comparando o desempenho analítico do scanner em relação a um espectrofotômetro, utilizando a determinação de Fe2+ pelo método da 1,10- fenantrolina. Cálculos estatísticos foram realizados e não foram observadas diferenças significativas entre o desempenho analítico dos equipamentos (P=0,05). Após, a avaliação do desempenho analítico, o scanner foi escolhido para monitorar a resposta colorimétrica dos ensaios clínicos de glicose, proteínas totais, colesterol e triglicerídeos, usando os DPTs. O dispositivo proposto apresentou boa repetibilidade inter e intra-dispositivos com desvio padrão relativo abaixo de 6%. Uma análise semi-quantitativa para glicose, proteínas totais e colesterol foi conduzida utilizando uma amostra de soro humano artificial. Os níveis de concentração encontrados estavam de acordo com os dados fornecidos pelo fabricante. O tempo de meia-vida dos DPTs foi avaliado ao longo de cinco dias, utilizando o ensaio para glicose em diferentes temperaturas: 10 ºC, 25 ºC e 40 ºC. A meia-vida dos DPTs foi estimado em três dias, considerando que nesse período houve um decréscimo de 50% na intensidade média de pixels, da cor desenvolvida. Observou-se que a adição de um dissacarídeo (trealose) assegurou a estabilidade enzimática em diferentes temperaturas ao longo de cinco dias consecutivos. O custo total de um DPT, considerando o processo de fabricação, foi estimado em R$ 0,40.This report describes the fabrication of a minimally instrumented polyestertoner device (PTD) to perform by the first time, clinical diagnostics with colorimetric detection and microfluidic transport by capillary action. A conventional digital camera, a cellphone camera, an optical microscope, and a scanner mode from a multifunction printer were evaluated for using as colorimetric detector. In order to study the analytical performance it was used a platform containing nine detection zones directly printed on a polyester film. It has been observed that all electronic devices studied could be applied as colorimetric detector. However, the scanner exhibited the best performance on the control of two problems often observed in the images acquisition, which are related to the ambient light and focus. Due to the best results, the analytical feasibility of the scanner was evaluated for the determination of Fe2+ in drugs samples by using the 1,10-phenanthroline method. The data were compared to results achieved by a reference spectrophotometric method. Based on a statistical analysis, it was not been found significance differences (P=0,05). Afterwards, the scanner was chosen to monitor the colorimetric response of clinical assays regarded to the detection of glucose, total protein, cholesterol, and triglycerides on a PTD. The proposed device exhibited good inter and intra-device reproducibility (relative standard deviation values lower than 6%). A semi-quantitative analysis of glucose, total protein, and cholesterol in an artificial serum sample provided results similar to the data provide by the supplier. The shelf life of PTDs was evaluated in a period of five days, using the glucose assay at three different temperature: 10 ºC, 25 ºC e 40 ºC. The shelf life was estimated to be c.a. three days, taking into account that in this period there was a lost of 50% in the mean color intensity. Lastly, it was observed that the addition of a disaccharide (trehalose) ensures the enzymatic stability at the different temperatures during five consecutive days. The cost of a PTD has been estimated to be ca. R$ 0.40 taking into account the fabrication process

Topics: Dispositivos em poliéster-toner, Diagnóstico clínico, Detecção colorimétrica, QUIMICA::FISICO-QUIMICA
Publisher: Universidade Federal de Goiás
Year: 2015
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFG:oai:repositorio.bc.ufg.br:ri/9519
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://creativecommons.org/lic... (external link)
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.