Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

O plano de reestruturação e expansão das Universidades Federais (REUNI) e suas contribuições para a interdisciplinaridade: um estudo cientometrico a partir dos projetos de pesquisa da Universidade Federal de Goiás (UFG)

By Ângela Maria de Mendonça

Abstract

Trata este Trabalho de Conclusão de Curso de estudo cientométrico objetivando compreender se os projetos de pesquisa na UFG estão sendo desenvolvidos em consonância com os princípios de interdisciplinaridade e relações intrainstitucionais preconizados pelo REUNI. O fundamento metodológico encerra pesquisa do tipo exploratório, quantitativo, porém, abrindo perspectiva para análise qualitativa do fenômeno observado. A amostra se concretiza nos projetos de pesquisa efetivamente alocados no Sistema SAP da UFG, estes disponibilizados através de consulta pública permanente e devidamente coordenados pela PRPPG. O corpus da pesquisa compreende o corpo docente, alunos de graduação e pós-graduação e servidores técnico-administrativos da UFG. No desenvolvimento da pesquisa foram observadas quantitativamente as presenças de regimes de autoria e os níveis de prevalência da autoria colaborativa em cada grande área do conhecimento em resposta aos pressupostos descritos no programa REUNI. Dentro do recorte temporal de 2004 a 2012, os números aferidos sobre os projetos e participantes puderam demonstrar que o regime de autoria colaborativa prevaleceu em relação à individual para as Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Exatas e da Terra e Engenharias. A autoria única foi opção dominante para as Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes. A interdisciplinaridade, termo presente quando se menciona o tema redes de colaboração, não foi examinada a contento diante da impossibilidade de verificação da semântica e metodologia dos projetos analisados. Mas, diante da fundamentação teórica discorrida por vários estudiosos, a simples aglutinação de pesquisadores de outras áreas do conhecimento em um mesmo projeto científico não se configura como interdisciplinar e sim, multidisplinar. Concluiu-se pela necessidade de aumento das redes de colaboração o que implica em ato de vontade por parte dos coordenadores dos projetos de pesquisa e consonância com a política institucional que valoriza a formação de jovens pesquisadores, esta iniciada na graduação (Iniciação Científica), continuada na pós-graduação e consolidada nos grupos de pesquisa em um solo permanente de incentivo e cultivo da produção científica acadêmica.This monograph based on the scientometrical study aims to understand whether research projects in UFG are being developed in line with the principles of interdisciplinarity and of intrainstitutional relations advocated by REUNI. The methodological foundation is based on explorer research, quantitative type, however , opening prospects for qualitative analysis of the phenomenon observed. The sample is implemented in research projects effectively allocated in the UFG SAP System available through ongoing consultation and coordinated by PRPPG. The research corpus comprises faculty, undergraduates and graduate students and technical and administrative staff of UFG. In the developing of the research, were quantitatively observed the presences of authorship regimen and the levels of prevalence of collaborative authorship in each area of knowledge in response to the assumptions described in REUNI program. Within the time frame from 2004 to 2012, the numbers measured on projects and participants were able to demonstrate that the system of collaborative authorship prevailed in relation to the individual in the Agricultural Sciences, Biological Sciences, Health Sciences, Exact and Earth Sciences and Engineering. The single authorship was dominant option for Humanities, Social Sciences and Linguistics, Letters and Arts. Interdisciplinarity, term used to refer to collaboration networks theme, has not been examined satisfactory because of the impossibility of verification of semantics and methodology of the projects analyzed. However, considering the theoretical foundations developed by several scholars, the simple gathering of researchers from other areas of knowledge in a given scientific project does not qualify it as interdisciplinary, but as multidisciplinary. It was concluded by the need to increase collaboration networks which implies an act of will on the part of the coordinators of the research projects and consonance with institutional policy that values the training of young researchers, started at undergraduation (Scientific Initiation), continued in graduation and consolidated in the research groups in a continuous soil cultivation and encouragement of academic scientific production

Topics: REUNI, Cientometria, Interdisciplinaridade, Projetos de pesquisa, Scientometry, Interdisciplinarity
Publisher: Universidade Federal de Goias
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFG:oai:repositorio.bc.ufg.br:ri/4277
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.