Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Diversidade genética entre acessos de pera (Pyrus communis L.) detectados por marcadores moleculares

By Juliana Stracieri

Abstract

A pereira é uma frutífera pertencente à família Rosaceae e ao gênero Pyrus. No Brasil, a produção de peras é de aproximadamente 16 mil toneladas por ano, que representa menos de 10% do total da fruta consumida no país, a baixa produção se deve à falta de cultivares adaptadas às condições climáticas. Com o presente trabalho objetivou-se identificar e avaliar a diversidade genética entre acessos de pera (Pyrus communis L.), em seis municípios do Sul de Minas Gerais (Carrancas, Itumirim, Lavras, Nepomuceno, Perdões e Ribeirão Vermelho). A caracterização genética foi efetuada em 147 acessos de sete populações, com base em 21 primers SSR, as análises de agrupamento dos genótipos foram realizadas pelo método UPGMA (Unweighted Pair-Group Method with Arithmetic Averages) com base no coeficiente de Jaccard. A similaridade genética entre as populações foi calculada pelo índice de identidade de Nei. Em todos os primers foram observadas bandas polimórficas sendo que estas corresponderam a aproximadamente 93% do total de bandas observadas; em média, cada iniciador produziu 8,4 fragmentos. O coeficiente de dissimilaridade para todos os genótipos variaram de 0,032 a 0,69. As populações dois e sete , respectivamente das regiões de Perdões - MG e Lavras - UFLA foram as que apresentaram maior distância genética em relação às demais e agruparam-se separadamente com similaridade de 0,83. Em contrapartida, as populações dois e quatro , respectivamente de Perdões e Ribeirão Vermelho, apresentaram a maior semelhança genética, em torno de 0,94. Também foi constatado que a população sete , coletada na região de Lavras - UFLA, foi a que apresentou maior número de bandas polimórficas, obtendo assim a maior porcentagem de polimorfismo (86,24%) e, consequentemente, maior diversidade genética. Já as populações dois e cinco , provenientes de Perdões e Lavras - CG, apresentaram o menor número de fragmentos em heterozigose e, consequentemente, a menor diversidade genética. Observou-se que há variabilidade genética entre os acessos de pera estudados.Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para obtenção do título de Mestre

Topics: Marcador microssatélite, Pyrus communis L. - Caracterização genética, Pyrus communis L. - Diversidade genética, Microsatellite marker, Pera
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFLA:oai:localhost:1/1204
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.