Location of Repository

Foraging behavior of Xiphorhynchus fuscus (Aves: Dendrocolaptidae): a comparison between Atlantic rainforest areas of island and mainland

By Liliane de Souza Seixas

Abstract

Mudanças de nicho entre ilhas e continente, ou entre diferentes ilhas, incluem expansões de habitat e faixas mais amplas de estratos verticais de forrageamento. Organismos estão geralmente aptos a explorar apenas uma porção dos recursos que se encontra disponível no ambiente. A maneira como partilham esses recursos, além de definir seu nicho ecológico, pode indicar como as interações entre as espécies influenciam na estrutura da comunidade. Estas espécies, por sua vez, encontram-se associadas por suas relações de alimentação. Entre aves, diferentes espécies se associam para explorar recursos alimentares em agregações como a de espécies que seguem correição de formigas ou em bandos mistos. A associação de aves a bandos mistos tem sido relacionada à diminuição da predação e aumento da eficiência do forrageamento. Nesse tipo de associação, as espécies são categorizadas de acordo com a sua frequência e importância, e podem contribuir com a formação, coesão e manutenção do bando. O presente estudo teve como objetivo comparar o comportamento de forrageamento de Xiphorhynchus fuscus entre áreas de Mata Atlântica de ilha e continente a fim de investigar se existem diferenças em decorrência do isolamento. Foram realizadas transecções e observado o comportamento de forrageamento da espécie entre áreas de ilha e continente adjacente. Os resultados mostram uma diferença nos uso dos estratos verticais entre ilha e continente e entre indivíduos forrageando solitários e em bandos mistos de aves. A maior amplitude dos estratos verticais na ilha e a restrição deles no continente pela espécie, ao forragear solitariamente, indicam um provável efeito relacionado à competição. As diferenças entre o uso dos estratos verticais entre ilha e continente indicam a influência da composição das espécies em bandos mistos no estrato vertical utilizado por X. fuscus quando associado a estes. A menor adesão de X. fuscus a bandos mistos em ilha indica que a ausência de espécies de aves consideradas responsáveis pela associação das espécies e sua manutenção em bandos mistos seja responsável pela diferença encontrada em relação ao continente. Portanto, a diferença entre o número de espécies entre ilha e continente (com menor número na ilha) parece ser preponderante na utilização dos estratos verticais de forrageamento por X. fuscus estando ele associado a bandos mistos ou nãoNiche shifts between island and mainland, or between different islands, include habitat expansions and wider range of foraging vertical strata. In general, organisms are able to explore just few portions of available resources, and the way they share them can define their ecological niche and indicate how species interactions can influence the community structure. Those species are connected by their feeding relations. Among birds, several species become associated to each other to explore food resources in groups such as some army ants followers and mixed-species flocks. Mixed-species flocks are related to lower predation and foraging maximization. In this association, species are categorized by their frequency and matter, and can contribute to formation, cohesion and maintenance of the entire flock. The present study aimed to compare foraging behavior of Xiphorhynchus fuscus among island and mainland Atlantic Forest areas to investigate potential differences due to isolation. We conducted linear transects and observed its foraging behavior in the study areas. Our results indicate that there is a difference in the use of vertical strata between island and mainland, and also between solitary individuals and those associated with mixed-species flock. The wider range of vertical strata in islands and their absence in mainland can be related to competition. The difference in the proportion used of the vertical strata between island and mainland indicates an influence of the species composition in mixed-species flocks. The lower adhesion of X. fuscus to enjoy mixed-species flocks can be influenced by the absence of nuclear species in islands. For that reason, the difference in the number of species present between islands and mainland can be the main factor for foraging vertical strata used by X. fuscus, associated or not to mixed-species flock

Topics: Estrato vertical, Forrageamento, Bandos mistos, Parque Estadual da Ilha Grande, Reserva Ecológica de Rio das Pedras, ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS, Aves Comportamento, Arapaçu Ecologia, Parque Estadual da Ilha Grande (RJ), Vertical strata, Foraging, Mixed-species flocks, Parque Estadual da Ilha Grande, Reserva Ecológica de Rio das Pedras, ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UERJ:oai:www.bdtd.uerj.br:5231
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.