Location of Repository

Wood anatomy of species of Stryphnodendron Mart. (Leguminosae - Mimosoideae)

By Kelly Cristina Moreira dos Santos

Abstract

Os estudos anatômicos do xilema secundário têm contribuído com a botânica sistemática na segregação de grupos taxonômicos. Desta forma, podendo se tornar muito importante na aplicação para identificação de espécies, o que adquire maior conotação em grupos de comprovada importância econômica. O gênero Stryphnodendron apresenta uma ampla distribuição no Brasil e as espécies que o compõem são muito utilizadas com finalidades farmacológicas, no entanto existem espécies que são morfologicamente muito semelhantes neste gênero. Sendo assim, este trabalho teve como objetivos descrever a estrutura anatômica do lenho de sete espécies do gênero Stryphnodendron, identificar os caracteres que poderão ser utilizados na segregação do grupo e verificar se a anatomia do lenho corrobora a proposta de delimitação de S. polyphyllum, feitas no último trabalho de revisão taxonômica do gênero. Foram selecionadas duas espécies paucifolioladas e cinco espécies multifolioladas, o material botânico foi obtido por coleta in situ para as espécies de ocorrência na Mata Atlântica e a partir de coleções de madeira de referência para as espécies de Cerrado e Floresta Amazônica. Foram utilizadas as metodologias usuais para anatomia do lenho e as descrições seguiram em linhas gerais as recomendações a IAWA Committee. Os resultados demonstraram que as espécies apresentam características anatômicas em comum, que podem ser diagnósticas para o gênero Stryphnodendron como: camada de crescimento distinta, raios homogêneos, cristais formando séries cristalíferas no parênquima axial e nas fibras, pontoações ornamentadas e parênquima axial paratraqueal. Os resultados das análises de agrupamento e de componentes principais evidenciaram a segregação das espécies em dois grupos, um com as espécies multifolioladas e outro com espécies paucifolioladas. As espécies paucifolioladas foram segregadas por apresentarem diâmetro tangencial dos vasos superior a 200 μm e parênquima axial difuso em agregados. Os resultados também evidenciaram um conjunto de caracteres que permitiram a individualização das espécies estudadas. As características qualitativas do lenho mais importantes para segregação das espécies em questão foram: tipos de parênquima axial e de demarcação da camada de crescimento; arranjo e agrupamento dos elementos de vasos; presença de fibras gelatinosas, de fibras septadas e de espessamento helicoidal em fibras. As características quantitativas foram: frequência de vasos; comprimento das fibras; número de células na largura dos raios; altura e largura dos raios e diâmetro das pontoações parênquimo-vasculares.The anatomical studies of secondary xylem have contributed to systematic botany in the segregation of taxonomic groups. Thus, these studies can be very important for species identification, acquiring major connotation in groups with economic importance. Stryphnodendron has a wide distribution in Brazil and their species are widely used for pharmacological purposes; nevertheless, there are some species very similar in external morphology. Therefore, this study aimed to describe the wood anatomy of seven species of Stryphnodendron, to identify the characters that may be used in the segregation of this group, and to verify if wood anatomy supports the proposed delimitation to S. polyphyllum, in the latest taxonomical revision of the genus. Two paucifolioladas and five multifolioladas species were selected for this study. The botanical material was obtained by collecting in situ when species occurred in the Atlantic Rain Forest, and obtained from wood collections when the species occurred in the Cerrado or in the Amazon Forest. The usual methods of wood anatomy were used in this study and, in general, the descriptions followed the recommendations of the IAWA Committee. The species studied share wood anatomical characters, which can be diagnostic for the Stryphnodendron genus, such as: distinct growth ring boundaries, homogeneous rays, prismatic crystals in chambered axial parenchyma cells and fibres, vestured pits and paratracheal axial parenchyma. The results of cluster and principal components analysis showed the segregation of the species into two groups, one with the multifolioladas species and another with the paucifolioladas species. The paucifolioladas species were segregated by the tangential diameter of vessels greater than 200 μm and the axial parenchyma diffuse-in-aggregates. The results also showed a set of characters that allowed the individualization of the studied species. The qualitative characters most important for segregation of the studied species were: axial parenchyma type; demarcation type of the growth-ring boundaries; arrangements and groupings of vessels; and presence of gelatinous fibres, of septate fibres and of helical thickenings in fibres. The quantitative characters were: vessel frequency; fibres lengths; number of cells in ray width; height and width of rays; and vessel-parenchyma pits diameters

Topics: Anatomia taxônomica, Espécies lenhosas, Paucifolioladas, Multifolioladas, ANATOMIA VEGETAL, Troncos (Botânica) - Anatomia, Leguminosa - Anatomia, Mimosacea - Anatomia, Anatomy taxonomy, Woody species, Paucifolioladas, Multifolioladas, ANATOMIA VEGETAL
Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UERJ:oai:www.bdtd.uerj.br:3007
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.