Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Causal conjunctive relations in argumentative texts.

By Vania Lúcia Rodrigues Dutra

Abstract

Considerando-se a concepção de conjunção adotada por Halliday e Hasan (1977), esta Tese de Doutorado trata, especificamente, das relações coesivas conjuntivas causais em textos do tipo argumentativo. Fundamentado principalmente no Funcionalismo Lingüístico, especialmente no modelo sistêmico-funcional de Halliday (2002), e na noção de seqüência textual desenvolvida na análise pragmático-textual de Jean-Michel Adam (1992), este trabalho identifica as relações coesivas conjuntivas causais e explicita seu sentido com base na interpretação dessas relações como externas ou internas, considerando-se os sentidos que os segmentos textuais por elas conectados expressam: sentido chamado externo (interpretado no âmbito da função ideacional da linguagem) ou interno (interpretado no âmbito da função interpessoal da linguagem). Para tanto, são analisadas ocorrências dessas estruturas em seqüências argumentativas, todas elas componentes estruturais de textos do tipo argumentativo. Confirma-se a hipótese de, nesse tipo de texto, as relações conjuntivas causais configurarem-se majoritariamente como relações internas, demonstrando uma preocupação maior do enunciador com as relações inerentes à organização do discurso, ao processo comunicativo em si nas formas de interação escritor-leitor, do que com as formas inerentes aos fenômenos, aos eventos que são relatados pela língua. Busca-se, em última análise, contribuir para uma melhor compreensão das relações entre gramática e discurso em língua portuguesa, desenvolvendo uma descrição que leva em conta a funcionalidade das estruturas léxico-gramaticais na constituição dos textos.Taking into account the conjunction conception adopted by Halliday and Hasan (1977), the present work deals, especifically, with the causal conjunctive cohesive relations in argumentative texts. Mainly based on Linguistic Functionalism, especially on the functional systemic model of Halliday (2002) and on the notion of textual pragmatic analysis of Jean-Michel Adam (1992), this work explains its meaning based on the interpretation of such relations as internal and external, considering the meanings that textual segments conected express: external meaning (interpreted in the area of the ideational function of language) or internal meaning (interpreted in the area of the interpersonal function of language). To accomplish this we analyse the occurences of such structures in argumentative sequences, all of them structural components of the argumentative texts. We confirm the hypothesis that, in this type of text, the causal conjunctive relations are most often characterized as internal relations, demonstrating a greater concern of the speaker as regards relations inherent to discourse organization, to the communicative process in itself in the writer-reader interaction rather than with the forms which are inherent to the phenomena, events that are reported by language.We also aim at contributing to a better comprehension of the relations between grammar and discourse in portuguese language, developing a description that takes into account the functionality of the lexical-grammatical structures in the constitution of texts

Topics: Língua portuguesa, Relações conjuntivas causais, Texto argumentativo, Ensino, LINGUA PORTUGUESA, Análise do discurso, Linguística, Linguagem, Portuguese language, Causal conjunctive relations, Argumentative text, Teaching, LINGUA PORTUGUESA
Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Year: 2007
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UERJ:oai:www.bdtd.uerj.br:121
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.