Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Qualidade nutricional e tecnológica de grãos em genótipos de feijão

By Juliana Sawada Buratto

Abstract

O presente estudo teve por objetivo avaliar o efeito do ambiente na qualidade nutricional de grãos e estimar a variabilidade genética para a qualidade tecnológica dos grãos de cultivares e linhagens de feijão adaptadas ás condições edafoclimáticas do estado do Paraná. Para atingir o objetivo proposto foram conduzidos dois experimentos, um para o grupo comercial carioca e outro para o grupo preto, na safra da seca 2006, em três locais do estado do Paraná. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualisados, com três repetições e parcela experimental constituída de quatro linhas de 5m, espaçadas 0,50m, considerando-se como parcela útil as duas linhas centrais e descartando-se 0,5m de cada extremidade. Após a maturação fisiológica coletou-se de cada parcela experimental uma amostra de duzentos gramas de grãos, as quais foram armazenadas em câmara fria, para posterior análise da qualidade tecnológica e nutricional. As análises para qualidade tecnológica foram efetuadas em amostras provenientes de apenas um local e os resultados indicaram que há diferenças estatisticamente significativas entre os genótipos para tempo de cozimento (TC); porcentagem de absorção de água antes (CRAac) e após o cozimento (CRApc) e porcentagem de grãos inteiros (PGI) após o cozimento. Entretanto para outras características tecnológicas tais como: expansão volumétrica depois do cozimento (EXPVpc), densidade do grão seco (DS), densidade do grão após maceração (DU) e densidade do grão após o cozimento (DC) não foram observadas diferenças estatísticamente significativas entre as cultivares e linhagens avaliadas. A análise multivariada possibilitou distinguir o comportamento dos genótipos quanto as caracteristicas tecnologicas avaliadas. As características relacionadas com a expansão e a densidade do grão antes e após o cozimento foram as que mais contribuíram para a variabilidade encontrada para a qualidade tecnológica. Para a qualidade nutricional, os resultados das análises de variância conjunta revelaram efeitos significativos para genótipo, ambiente e para a interação genótipo por ambiente para teor de proteína e minerais nos grãos. Esses resultados indicam a existência de variabilidade genética entre as cultivares e linhagens estudadas e influência do ambiente nos teores de proteína e dos minerais P, Ca, Mg, Cu, Zn, B, Mn, Fe, S e K nos grãos de feijão. A siginificância da interação genótipo por ambiente para as características nutricionais, revela resposta diferenciada dos genótipos frente as variações ambientais, portanto as informações que se referem ao comportamento das características nutricionais nos grãos em diferentes locais de cultivo devem ser consideradas em um programa de melhoramento genético.This study evaluated environmental effects on the nutritional quality of common bean grains and estimated the genetic variability in the technological grain quality of cultivars and lines adapted to the edaphoclimatical conditions of the state of Paraná. Two experiments were conducted, one with the carioca bean and the other with the black bean group, in the dry season of 2006, at three locations, in the state of Paraná. An experimental design of randomized blocks with three replications was used. Each plot consisted of four 5m-rows, 0.50m apart, considering the two center rows and disregarding 0.5m on either side in the data analysis. After the physiological maturation a sample of 200gr grains was collected on each experimental plot and stored in a cold chamber for later analysis of technological and nutritional quality. Samples from only one location were analyzed for technological quality and the results indicated statistically significant differences between the genotypes for cooking time (TC); percentage of water uptake before (CRAac) and after (CRA pc) cooking and percentage of whole grains after cooking (PGI). However, for other technological characteristics such as: expansion volume after cooking (EXPVpc), dry grain density (DS), grain density after maceration (DU) and grain density after cooking (DC). No statistically significant differences were observed between the cultivars and lines evaluated. The performance of the genotypes was discriminated using multivariate analysis, considering the different technological characteristics. The multivariate analysis makes it possible to distinguish the behaviour of the genotypes and the technological characteristics related with the expansion and density grain before and after the cooking contributed to the variability. For nutritional quality, the results of the joint variance analyses revealed significant effects for genotype, environment and genotype per environment interaction for grain protein and mineral content. These results indicate the existence of genetic variability in the cultivars and lines studied and influence of the environment on the contents of protein and the minerals P, Ca, Mg, Cu, Zn, B, Mn, Fe, S, and K in the bean grains. The significance of the genotype per environment interaction for the nutritional characteristics indicates a differentiated response of the genotypes to environmental variations. Information on the nutritional characteristics in grains at different locations of cultivation must therefore be considered in genetic breeding programs

Topics: Feijão - Melhoramento genético, Feijão - Teor protéico, Feijão - Teor mineral, Feijão - Qualidade, Beans - Breeding, Beans - Protein content, Beans - Mineral content
Publisher: Universidade Estadual de Londrina. Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agronomia.
Year: 2008
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UEL:oai:uel.br:vtls000127846
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.