Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Efeito de três sistemas de manejo físico do solo no enraizamento e na produção de cana-de-açúcar

By Mateus Carvalho Basílio de Azevedo

Abstract

A cana-de-açúcar (Saccharum spp) sempre foi importante para o desenvolvimento agrícola brasileiro, e atualmente assume papel fundamental na diversificação da matriz energética, com a demanda crescente por etanol carburante. Como fonte renovável de energia, também é fundamental produzi-la com sustentabilidade, preservando os recursos naturais necessários a sua exploração. Mas, visto as práticas de cultivo comumente empregadas pelas grandes usinas, com grande número de passadas de máquinas, implementos e caminhões pesados, por vezes em situação crítica de umidade, além da queima antes da colheita, o cenário muitas vezes é de degradação do solo, o que é contrário à produção renovável de energia. O objetivo deste trabalho foi avaliar três sistemas de manejo em Latossolo Vermelho eutroférrico cultivado com cana-de-açúcar, a partir de estudos de biometria (parte aérea), de enraizamento e de alguns atributos físicos do solo; e comparar quatro métodos de avaliação do sistema radicular. O experimento foi instalado em Londrina ? PR, e as avaliações foram feitas no terceiro e no quarto ciclos da variedade RB 72 454, em 2005 e 2006, respectivamente. Os manejos de solo foram: preparo vertical (PV), com preparo de solo com escarificação e duas gradagens e escarificação e adubação incorporada nas soqueiras; cultivo mínimo (CM), com escarificação e uma gradagen no preparo e adubação incorporada nas soqueiras; e plantio direto (PD), sem preparo de solo e adubação sem incorporação nas soqueiras. Foram 10 repetições por tratamento, em delineamento totalmente casualizado. As avaliações de biometria e de resistência do solo à penetração foram feitas em 10 repetições; os dados de enraizamento e atributos físicos do solo (densidade, porosidade total, macro e microporosidade) foram coletados em quatro repetições por tratamento. Na avaliação das raízes, foram utilizados quatro métodos: Monólito, Trado, Parede do Perfil, contando-se as raízes com uma grade, com posterior transformação dos dados em comprimento, e Parede do Perfil, avaliando-se imagens digitais. Houve déficit hídrico no primeiro ano avaliado (2005), com menor produtividade em relação a 2006. Os manejos foram iguais quanto à produtividade, ao enraizamento, à densidade e à porosidade do solo, mas o PV apresentou menor resistência do solo à penetração nas camadas superficiais. Verificou-se que a cana-de-açúcar teve quantidade de raízes estatisticamente igual durante os dois ciclos, apresentando enraizamento considerável até 1,8 m de profundidade. A profundidade máxima do sistema radicular foi de 4,3 m. Os métodos para quantificar as raízes foram equivalentes, à exceção da Parede do Perfil analisada por imagens digitais, que subestimou o comprimento de raízes nas camadas mais profundas. Com isso, conclui-se que os manejos CM e PD, com menos operações mecanizadas, podem ser alternativas ao PV, mas isso depende das características locais e análise econômica; a cana-de-açúcar mantém enraizamento constante, ao contrário do que acontece com a parte aérea; e os métodos de avaliação de raízes Monólito, Trado e da Parede do Perfil (contagem das raízes) apresentam resultados semelhantes, e sua escolha depende do objetivo, mão-de-obra e tempo disponíveis.The sugarcane (Saccharum spp) always has been important to the brazilian agricultural development and has a basic role on diversification of energy with the increasing demand for ethanol fuel. As a strong source of renewable energy, it is essential to produce the sugarcane in a sustainable way, preserving the natural resources necessaries to its explotation. However, as the cultural practices usually applied by the processors, with high use of machinery and heavy trucks with critical situation of soil humidity, beyond the burning before harvesting, often the scenario is a soil degradation, what is against the renewable energy production system. The objective of this work was to evaluate three management systems in Rhodic Eutrudox cultivated with sugarcane, using biometry (aerial part of rooting), some soil physical atributes, and to compare four root system evaluation methods. The trial was carried out in Londrina, PR, and the evaluations were taken on the third and fourth cycles of RB 72 454 sugarcane variety, in 2005 and 2006, respectively. The soil managements were: vertical preparation (VP), with soil preparation using scarification, 2 tillages and incorporated fertilization on stalks; minimum tillage (MT) with scarification, one tillage during preparation and incorporated fertilization on stalks, and no tillage (NT) (direct planting), without soil preparation and no-incorporated fertilization on stalks. A random design was used as a statistical model with 10 replications for each treatment. The biometry and soil resistance to the penetration evaluation were taken in 10 replications; the data of rooting and physical atributes of soil (density, total porosity, macro and microporosity) were collected in four replications for each treatment. For roots evaluation, four methods were used: Monolith, Auger method, Trench Profile (using a grid to count the number of roots and posterior transformation the data in length, and Trench Profile (evaluating the digital images). It was observed a water deficit in the first year of evaluation (2005), with lower productivity in relation to 2006. The management systems were equal regarding the productivity, the rooting, the density and the soil porosity, but the VP showed lower soil resistance to the penetration in the superficial portion. It was verified that the sugarcane showed a equal amount of roots during the two cycles, presenting considerable rooting up to 1.8 m deep. The roots reached no more than 4.3 m deep. The methods to quantify the roots were equivalent, except the Trench Profile analysed using digital images, which subestimated the root length on deeper layers. It was possible to conclude that the MT and NT managements, with less mechanical operations, may be used as a alternative to the VP, but it depends on the local characteristics and economical analysis; the sugarcane, unlike the aerial portion, keeps a constant rooting; and the methods of rooting evaluation Monolith, Auger Method and Trench Profile (roots counting) show similar results, and to choose one among them depends on the objective, labor and time available

Topics: Cana-de-açúcar - Solos, Cana-de-açúcar - Raízes, Solos - Manejo, Sugar-cane - Soils, Sugar-cane - Roots, Soil management
Publisher: Universidade Estadual de Londrina. Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agronomia.
Year: 2008
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UEL:oai:uel.br:vtls000128881
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.