Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

A coesão temporal na constituição do discurso do narrar na lenda indígena

By Elisabete Aparecida Alves Soares

Abstract

O presente trabalho tem o objetivo de caracterizar, lingüística e discursivamente, o gênero ?lenda indígena? para servir de subsídio ao trabalho do professor em sala de aula no processo ensinoaprendizagem de língua portuguesa. Uma didática da língua que adote o estudo dos gêneros como ferramenta de ensino é de fundamental importância para que possamos passar do estágio da abordagem estrutural, a uma análise dos textos que parta do contexto de produção para destacar o caráter dialógico e social da linguagem (BAKHTIN, 1995). A nossa vertente se enquadra em conceitos teóricos e encaminhamentos metodológicos tais como os que são propostos pelo interacionismo sóciodiscursivo (BRONCKART, 2003; 2006) e pelo tratamento didático das ferramentas de ensino na forma como é concebido pela equipe de didática das línguas da Universidade de Genebra (DOLZ E SCHNEUWLY, 1999; DOLZ et al, 2004), tendo em Vygotsky sua fonte de referência e com uma abordagem dialética dos fenômenos psicológicos. Essa fundamentação teórico-metodológica fornece categorias para a análise e descrição que podem constituir um modelo didático do gênero a partir do qual o professor pode gerar seqüências didáticas que impliquem os princípios de legitimidade, pertinência e efeito de solidarização conforme recomendam os autores do ISD, uma vez que vai fornecer objetos potenciais para o ensino. As análises são aplicadas a um corpus constituído por lendas indígenas que explicam o surgimento de cidades históricas ou acidentes geográficos de relevância do Paraná. Exploram-se as relações entre o gênero ? enquanto espaço social de estruturação dos textos ? a infraestrutura textual, onde se localiza o plano global do texto e o tipo de discurso predominante no gênero; em seguida, nos detemos em um dos mecanismos de textualização - a coesão verbal -, que nos leva à conclusão de que esse mecanismo é, em grande parte, responsável pela coerência temática nos gêneros textuais em que predominam discursos do Narrar. O estudo demonstra que as ?lendas indígenas? apresentam características contextuais, discursivas e lingüísticas particulares que fazem desse gênero textual um megainstrumento para o desenvolvimento das capacidades de linguagem dos aprendizes, mas também podem constituir um instrumento para a inclusão social por contribuirem para resgatar aspectos étnico-culturais do povo indígena, o que está em sintonia com os PCN e PCNEM no que diz respeito à valorização e preservação da identidade cultural. O estudo também aponta para a aplicabilidade do gênero enquanto instrumento para o trabalho com a interdisciplinaridade, como sugerem os PCNs e os PCNEM.The present work has the purpose of characterizing, linguistic and discursively, the genre ?indian legends? to subsidize teacher?s job in the classroom, in the teachinglearning process in portuguese language. A language didactic that works with literary genres as a learning device is of fundamental importance in order that we can pass from the structural approach to a text analysis that, from the concept of production, emphasizes the dialogic and social character of language (BAKHTIN, 1995). Our approach is based on theoretical concepts and methodological ways such as those proposed by sociodiscursive interacionism (BRONCKART,2003; 2006) and on the didactic treatment of teaching devices as conceived by the language didactics of Geneva University (DOLZ E SCHNEUWLY, 1999; DOLZ et al, 2004), having Vigotsky as reference and with a dialectic approach to psychological phenomena. These theoretical and methodological foundations provides categories to analyze and describe that can constitute a didactic model of the genre, from which the teacher can generate didactic sequences that imply the legitimity and pertinence principles, as well as the solidarity effect as recommended by the authors of ISD, as it provides potential objects to teaching. Analysis are applied to a corpus constituted by indian legends that explain the beginnings of historic cities or important geographic accidents in Paraná. The relations between the genre ? as social locus of text structurarion ? and the textual infrastructure, where is located the global plan of the text and the kind of speech prevailing in the genre; after we focus in one of the textualization mechanism ? verbal cohesion ? what permits us to conclude that this mechanism is the most important one as concerns the thematic coherence in the textual genres in which Narration is the prevailing speech. The study shows that ?indian legends? have particular contextual, discursive and linguistic characteristics that make of this textual genre a megainstrument to the development of language abilities of students, but can also constitute an instrument to social inclusion as they contribute to recover ethnic and cultural aspects of the indian people, what is coherent with the PCN and PCNEM as regards the valorization and preservation of cultural identity. The study also points to the applicability of genre as an instrument to deal with interdisciplinarity, as PCNs and PCNEM suggest

Topics: Internacionalismo sócio-discursivo, Gêneros textuais, Socio-discursive interactionism, Text genres
Publisher: Universidade Estadual de Londrina. Centro de Letras e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem.
Year: 2007
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UEL:oai:uel.br:vtls000124921
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.