Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Evolução de uma intervenção institucional de fundamentação psicanalítica: uma prática necessária e possível - DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v16n2p134-143

By Aparecida Malandrin Andriatte, Juliana Rodrigues Enge, Luciana Martins Dias e Silva and Maria Gabriela Cossi Soares Pires

Abstract

This study deals with the evolution of an institutional intervention with a psychoanalytical approach, which took place in a philanthropic entity for three years. The intervention was conducted by interns (psychology students) from the 9 th and 10th semesters, under weekly supervision, and having "operative groups" as their guiding instrument in the intervention. The objectives were to present the evolution of the conducted intervention in the institution; and to analyze latent aspects of the institutional functioning through psychoanalytical conceptions. As a final product of the interventions we verified that the objectives were achieved once it was possible to present the evolving aspects of the intervention. We were also able to describe the conducted analysis of the latent aspects of the entity functioning. The main anxiety predominant in the meeting was of the paranoid kind, the desires were linked to self-idealization and to defense mechanisms related to massive projective identification, to idealization, and to omnipotent control. We conclude, therefore, that the institutional practice with a psychoanalytical approach is possible and necessary, for it was possible to identify developments in the ways of thinking and operating of the group in the institution.Este estudio trata de la evolución de una intervención institucional de fundamento psicoanalítico, que fue realizada en una entidad filantrópica durante tres años por practicantes del 9º. y 10º. Semestre del curso de psicología con supervisiones semanales, teniendo como instrumento básico que orientaba las intervenciones, los grupos operativos. Los objetivos fueron: presentar la evolución de las intervenciones realizadas en la institución; analizar aspectos latentes del funcionamiento institucional por medio de los conceptos psicoanalíticos. Como producto final de las intervenciones se verificó que los objetivos fueron alcanzados, una vez que fue posible presentar los aspectos evolutivos de la intervención, asimismo como describir el análisis realizada a partir de los aspectos latentes del funcionamiento de la entidad estudiada. La principal ansiedad que predominó en los encuentros fue de tipo persecutoria, los deseos estaban vinculados a la auto-idealización y las defensas se relacionaban a la identificación proyectiva compacta, a la idealización y al control omnipotente. Se concluye, que la práctica institucional de fundamento psicoanalítico es posible y necesaria, una vez que fue posible verificar el desarrollo en las formas de pensar y operar del grupo en la institución.Este estudo trata da evolução de uma intervenção institucional de fundamentação psicanalítica, que foi realizada em uma entidade filantrópica durante três anos por estagiários do 9º. e 10º. semestres do curso de psicologia com supervisões semanais, tendo como instrumento básico que orientava as intervenções, os grupos operativos. Os objetivos foram: apresentar a evolução das intervenções realizadas na instituição; analisar aspectos latentes do funcionamento institucional por meio das concepções psicanalíticas. O trabalho se dividiu em duas etapas; na primeira participaram das atividades de grupo segmentos da população que freqüentavam a instituição e atendentes da creche, e os resultados apontavam, entre outros, para a necessidade de maior comunicação entre os funcionários, a população e a equipe técnica-administrativa. Na segunda etapa baseada no primeiro resultado, foi proposto atendimento às equipes técnico-administrativas, a fim de que pudessem desenvolver maior consciência sobre seus modos de operar. Como produto final das intervenções verificou-se que os objetivos foram atingidos, uma vez que foi possível apresentar os aspectos evolutivos da intervenção, assim como descrever a análise realizada a partir dos aspectos latentes do funcionamento da entidade estudada. A principal ansiedade que predominou nos encontros foi do tipo persecutória, os desejos estavam vinculados à auto-idealização e as defesas se relacionavam à identificação projetiva maciça, à idealização e ao controle onipotente. Conclui-se, portanto, que a prática institucional de fundamentação psicanalítica é possível e necessária, uma vez que foi possível verificar desenvolvimentos nas formas de pensar e operar do grupo na instituição

Topics: Psychoanalysis – institutions; Psychoanalytic psychotherapy – intervention; Group Psychoanalysis., Psicoanálisis - Instituciones; Psicoterapia psicoanalítico – Intervención; Psicoanálisis de grupo., instituições; processos grupais ; psicanálise; grupo operativo
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
Year: 2009
OAI identifier: oai:periodicos.ibict.br.Mudancas_Psicologia_da_Saude:oai:ojs-metodista.metodista.br:article/1145
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://dx.doi.org/10.15603/217... (external link)
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.