Location of Repository

Trabalho e condições de envelhecimento em Manaus: estudo com os idosos usuários das unidades básicas de saúde da zona sul e com os participantes do Parque Municipal do Idoso

By Nathalie Santana de Melo

Abstract

Este estudo tem como objetivo analisar as condições de envelhecimento em Manaus, dando ênfase à trajetória de trabalho percorrida pelos idosos, uma vez que esta é determinante para as condições materiais, subjetivas e de saúde nessa fase da vida. Para compreender essa questão, buscamos identificar a situação familiar, os níveis educacionais, o acesso à aposentadoria, a renda, as condições de saúde, bem como a percepção dos idosos sobre a velhice, sobre os trabalhos que exerceram ao longo da vida produtiva, o que fazem para ocupar o tempo que antes era reservado ao trabalho, e por fim, procuramos apontar suas principais demandas e os modos que vivenciam a velhice. Para alcançar os objetivos propostos, utilizamos dados secundários, oriundos de uma pesquisa anterior realizada no ano de 2008/2009 em unidades básicas de saúde da zona sul de Manaus, e dados primários, coletados em 2012 no Parque Municipal do Idoso, decorrentes da inserção no mestrado em Serviço Social. Essa pesquisa teve uma abordagem quali/quantitativa e foi realizada por meio da aplicação de roteiro de entrevista, com 24 idosos selecionados aleatoriamente (12 das unidades básicas de saúde e 12 do Parque Municipal do Idoso). A comparação entre essas pesquisas em tempo e lócus distintos permite apreender as condições de envelhecimento em diferentes contextos. Constatamos a partir da análise dos resultados que as diferenças materiais interferem nos modos de viver e perceber a velhice. A maioria dos depoentes apresentam doenças crônicas, entretanto, os que se sentem mais debilitados são os idosos usuários das unidades básicas, pois os idosos do Parque demonstram que estas não os impedem de viver de forma independente. É possível notar que diante da ruptura com o trabalho e da incerteza sobre que papel desempenhar, os idosos das unidades básicas encontram nas atividades domésticas e na televisão os principais meios de ocupar o tempo, já para os idosos do Parque, a participação em grupos de convivência para terceira idade possui grande significado e aparece como solução para reinvenção do tempo livre. Em outros termos, os idosos do Parque Municipal que tiveram acesso uma vida produtiva mais satisfatória, por conseguinte, um envelhecimento mais ativo, saudável e uma melhor percepção sobre essa fase. Diante dessa realidade, cabe à sociedade e ao Poder Público, através das políticas sociais, realizar ações que promovam uma velhice menos debilitada e mais independente física e financeiramente para todosThis study aims to analyze the conditions of aging in Manaus, emphasizing the trajectory of work covered by the elderly, since this is crucial to the material conditions, and subjective health during this phase of life. To understand this issue, we sought to identify the family situation, educational levels, access to retirement income, health conditions, as well as the perception of the elderly about old age, about the work that exercised over the productive life of the they do to occupy the time that was previously reserved for work, and finally, we point out their main demands and ways to experience old age. To achieve the proposed objectives, we used secondary data from a previous survey conducted in the year 2008/2009 basic health units in the area south of Manaus, and primary data collected in 2012 in the Old City Park, resulting in the insertion Masters in Social Work. This research had a qualitative approach / quantitative and was performed by applying a structured interview with 24 randomly selected subjects (12 of basic health units and 12 of the Municipal Park for the Elderly). The comparison between these surveys on time and allows different locus apprehend the conditions of aging in different contexts. We found from the analysis of the results that differ materially interfere with the ways of living and perceiving old age. Most respondents have chronic diseases, however, who feel weaker are the basic units of elderly users, the elderly because of the park show that these do not prevent them from living independently. You can see that before the break with the work and uncertainty about what role play, older units are basic household chores and television major means of occupying time, since the park for the elderly, participation in groups living for seniors has great meaning and appears as a solution to reinvention of free time. In other words, the elderly Municipal Park who had access to a productive life more satisfying, therefore, a more active aging, healthy and a better understanding about this phase. Given this reality, it is up to society and the government, through social policies, take actions that promote an age less independent and more debilitated physically and financially for everyon

Topics: Condições de envelhecimento, Trabalho, Políticas sociais e tempo livre, Aging conditions, Work, Social policies and free time, CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS: SERVIÇO SOCIAL
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
Year: 2012
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UFAM:oai:http://200.129.163.131:tede/2710
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.