Location of Repository

O consumo racional de água no Aeroporto Internacional de Salvador, Bahia/Brasil

By Maria Thaís Menezes Freire

Abstract

Os aeroportos estão ampliando seus serviços, não se limitando apenas ao transporte de passageiros e cargas, mas também, prestando serviços de utilidades,lazer e recreação, tornando-se, assim, importantes consumidores de água. Diante do exposto, urge a necessidade da implantação de ações para o consumo racional da água em edificações dessa tipologia. Esta dissertação apresenta parte dos estudos do Projeto Aguaero "Racionalização do uso da água no Aeroporto Internacional de Salvador (AIS)/BA”, desenvolvido entre 2007 e 2009, com o objetivo de avaliar o desempenho do consumo de água no aeroporto e propor ações para o seu consumo racional. Procurou-se incluir os conceitos de Produção Mais Limpa,dentro da lógica onde se priorizam esforços para implantar ações relacionadas à redução dos desperdícios de água no terminal de passageiros, ou seja, na fonte geradora, para em seguida focar na utilização de fontes alternativas de abastecimento. Destaca-se aqui, o balanço hídrico reconciliado; a pesquisa de opinião com os passageiros; os dados de consumo de água; e as proposições para o consumo racional da água no terminal de passageiros (TPS). Dentre os resultados encontrados, tem-se para os anos de 2006 a 2009 um consumo médio anual de água no aeroporto variando entre (460 e 510)m3/dia. Nesse período o aeroporto atendeu a uma média anual de passageiros entre (14 600 e 19 300)passageiros/dia. Já o consumo de água, por passageiro, caiu de (24,1 para 2,3)L/passageiro.dia. Considerando-se o consumo por todos os usuários – passageiros, acompanhantes e funcionários, o per capita caiu no período citado, de (9,9 para 8,8)L/pessoa.dia. Após a identificação dos consumos associados aos diversos usos da água, compreendeu-se o consumo desta nos sanitários do aeroporto, que variou de 40% (140m3/dia) a 50% (215m3/dia) do total do TPS, para o período do estudo. A partir da pesquisa com os passageiros, verificou-se que mais de 95% dos usos nos sanitários masculinos e femininos são para urinar. Da forma como os sanitários do aeroporto estão projetados, boa parte da função de urinar acaba ocorrendo nas bacias sanitárias, que gastam mais água do que o necessário. A partir dessas informações simularam-se cenários para a redução do desperdício de água nos sanitários. Pôde-se constatar que a partir da manutenção e da regulagem periódica das peças hidrossanitárias – de forma a mantê-las nas vazões previamente estabelecidas – e da alteração no design dos sanitários com a redistribuição do número de mictórios e bacias sanitárias – é possível reduzir o consumo de água nesses ambientes em até 77%. As principais recomendações geradas neste estudo, e encaminhadas aos gestores da Infraero, foram incorporadas ao processo licitatório, da Concorrência – 004/ADCE-3/SRCE/2010, cujo um dos objetos é a reforma do terminal de passageiros do aeroporto. Em função do exposto, conclui-se que este estudo contribuiu na proposição de ações para apoio à Infraero na gestão do consumo racional da água no Aeroporto Internacional de Salvador.Airports are widening the services they offer; as well as services for the transport of passengers and cargo there are others such as leisure and recreation, all of which imply significant consumption of water. Given this. there is a need to introduce measures to assure the rational consumption of water on such premises. This dissertation presents part of the results of the water project ‘Rational water use at the Salvador International Airport (AIS) carried out between 2007 and 2009, in Bahia, Brazil. The aim of the project was to evaluate the water consumption at the airport and suggest interventions that could lead to more efficient consumption. The concepts of ‘Clean Technology’ were incorporated into the rationale in which priority was given to interventions related to waste reduction in the passenger terminal, the source of the waste, and then focus on the use of alternative sources of water supply. The main activities carried out included: the drawing up of a reconciled water balance, a passenger opinion survey, the definition of specific water consumption indicators and proposals for the rational consumption of water in the passenger terminal. Among the results obtained from the years 2006 to 2009, the average annual consumption of water varied between 460 and 510m3/day. In this period the airport served an annual average of between 14,600 and 19,300 passengers a day. The consumption of water per passenger fell from 24.1 to 22.3 litres per passenger a day. Considering consumption by all users passengers, non-passengers and staff, the per capita consumption fell from 9.9 to 8.8 litres per person a day. After identifying the various uses of the water, it was noted that the toilets were responsible for between 40% (140m3/day) and 50% (215m3/day) of daily consumption in the terminal in the period studied. The passenger survey revealed that 95% of the visits to the male and female toilets were to urinate. In the airport the toilets installed used more water than necessary for this function. Plans were drawn up to reduce this waste. Maintenance and periodic regulation of the toilet installations can be carried out to keep them running as designed. Changes in the design of the toilets can be done and a number of urinals installed to reduce consumption by 77%. The main recommendations generated in this study and sent to Infraero were included in the bidding process 004/ADCE3/SRCE/2010, the objective of which is to refurbish the airport terminal. This study helped to inform Infraero in the management of the rational use of water at Salvador International Airport

Topics: Água – consumo, Aeroporto – Salvador, Balanço hidrológico
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFBA:oai:192.168.11:11:ri/15194
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.