Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Análise das informações relativas ao tabagismo nos prontuários eleborados por alunos do 6º ano de graduação em Medicina da UFBA.

By Orlando Augusto de Santana Pinto

Abstract

Atualmente o tabagismo é considerado uma epidemia global que impõe risco à vida. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, constitui a principal causa de mortes evitáveis. Diante desta realidade, é preciso que as escolas médicas sejam capazes de formar profissionais aptos a avaliar e tratar adequadamente pacientes tabagistas. A análise dos dados referentes ao hábito tabágico, registrados em prontuários médicos por alunos do 6o ano do curso médico, refletem o aprendizado na graduação. Objetivos:Avaliar a inclusão e a qualidade das informações referentes ao tabagismo em anamneses admissionais realizadas por internos do 6º ano de graduação em medicina na FMB/UFBA, em uma enfermaria de clínica médica do Hospital Universitário Salvador, Bahia, no ano de 2011. Metodologia: foi realizado um estudo retrospectivo, avaliando registros referentes ao tabagismo em anamneses admissionais, em todos os prontuários de pacientes internados durante o ano de 2011, através de um questionário padronizado. Resultados: dos 284 prontuários avaliados,observou-se que 239 (84,2%) prontuários apresentaram registro quanto ao hábito tabágico. Dos 239 prontuários, nos quais havia informações referentes ao tabagismo, 230 (96,2%) incluíram estas informações no campo “hábitos de vida” e em 9 (3,8%) em outros campos da anamnese. Verificou-se a informação “não tabagista” em 146 (61,1%), “tabagista atual” em 22 (9,2%) e “ex-tabagistas” em 71 (29,7%). Nos 22 prontuários onde havia registro de “tabagismo atual”, observou-se a inclusão de dados referentes a (1) Idade de início do tabagismo em 10 (45,4%); (2) tipo de fumo em 17 (77,2%); (3) padrão de consumo prévio ao internamento em 17 (77,2%); (4) registro do consumo em maços/ano em 3 (13,6%). Nestes prontuários, não foi encontrado nenhum registro das seguintes informações: “intenção prévia para parar de fumar”; “abstenção prévia”; “métodos utilizados no período de abstinência”; “motivos pelos quais voltou a fumar”; “disposição atual para parar de fumar”; “presença de sintomas de abstinência” e “aplicação do teste de Fagerström”. Conclusões: Os resultados deste estudo revelam um registro inadequado de dados referentes ao tabagismo tanto em termos de inclusão quanto de qualidade da informação. Apesar da reduzida amostragem, os resultados sugerem a necessidade de investir em um ensino mais adequado no que se refere à avaliação e abordagem do paciente tabagista

Topics: Tabagismo, Registros médicos, Educação médica
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFBA:oai:192.168.11:11:ri/10568
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.