Location of Repository

Avaliação da efetividade da raspagem radicular manual e ultra-sônica com ou sem associação de digluconato de clorexidina, em dentes com envolvimento periodontal.

By Adalberto de Miranda Silva

Abstract

Sendo a doença periodontal alterações imuno-inflamatórias resultantes da resposta do hospedeiro à placa bacteriana, a eliminação da placa e cálculo com descontaminação das superfícies radiculares são condições fundamentais para restabelecimento e manutenção da saúde periodontal. O objetivo deste trabalho foi avaliar, ?in vitro?, a efetividade de dois métodos de raspagem mecânica ? manual e ultrasônica ? associadas ou não ao digluconato de Clorexidina, e, ainda, este usado separadamente, em dentes comprometidos periodontalmente. As unidades dentárias foram seccionadas transversalmente na região cervical e ápice radicular, ficando a porção experimental com aproximadamente 10mm. A amostra constava de trinta e cinco dentes, divididos em sete grupos. As porções dentais experimentais foram vedadas com resina e os grupos codificados e identificados por cores diferentes, em razão do tratamento a ser realizado em cada um dos grupos, como se segue: grupo 1- raspagem manual; grupo 2- raspagem ultra-sônica; grupo 3- raspagem manual associada ao digluconato de Clorexidina; grupo 4- raspagem ultra-sônica associada ao digluconato de clorexidina; grupo 5- uso isolado de digluconato de clorexidina; grupo 6- controle negativo (-); e grupo 7- controle positivo (+). Os fragmentos foram esterilizados e contaminados com cepa de Enterococcus faecalis 5u-ATCC- 29212, exceto o grupo controle positivo. No grupo 1, foi utilizado tratamento com movimentos sequênciais de curetas manuais de Gracey, em direção longitudinal; nos demais grupos seguiu-se a mesma normatização de instrumentação, quando necessário; O grupo 2 foi tratado com ultrasom em potência de 70; O grupo 3 foi tratado com curetas manuais de Gracey, mais aplicação de Clorexidina; O grupo 4 foi tratado com ultrasom em potência de 70%, mais aplicação de Clorexidina; O grupo 5 foi tratado somente com Clorexidina; O grupo 6 referiu-se ao grupo contaminado não tratado (grupo controle negativo); e o grupo 7 referiu-se ao grupo estéril não tratado (grupo controle positivo). Após realização dos diversos experimentos entre os diferentes grupos amostrais, e os dados serem avaliados, pôde-se concluir que: tanto as instrumentações isoladas, quanto as associadas à Clorexidina foram efetivas no controle da bactéria Enterococcus faecalis, e, ainda, a efetividade foi similar para ambos os métodos de raspagem ? manual e ultra-sônica ? no controle da bactéria

Topics: Raspagem manual, Raspagem ultra-sônica, Clorexidina, Enterococcus faecalis, Manual scraping, Enterococcus faecalis, Ultrasonic scraping, Clorexidine
Publisher: Programa de Pós- Graduação em Clínica Odontologica da UFBA
Year: 2004
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFBA:oai:192.168.11:11:ri/10525
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.