Location of Repository

Olinda : uma leitura histórica e psicanalítica da memória sobre a cidade

By Eliane Maria Vasconcelos do Nascimento

Abstract

388f.A presente tese partiu de uma proposta de trabalho interdisciplinar, em que a História e a Psicanálise serviram de base teórica, por meio da metodologia da História Oral, para que fosse construída a história da cidade de Olinda, com suas fases de apogeu e declínio, mediante a memória dos olindenses confrontada com outras fontes documentais. Foram feitas entrevistas semidirigidas com olindenses adultos e idosos, para documentar e revelar, por meio da narrativa dos depoentes de várias camadas sociais, a forma como vêem sua cidade. Esta investigação possibilitou novas leituras e novos olhares sobre a antiga cidade e sobre as mudanças que nela ocorreram. Trata-se da história de Olinda e de suas transformações, percebidas pela memória de mais de uma geração. Os fatos narrados pelas lembranças puderam mostrar que a cidade havia mudado de tal maneira, num espaço de tempo relativamente rápido — cinco décadas —, que era difícil reconhecê-la. Essa escuta possibilitou que a identidade dos olindenses pudesse ser revelada. Foram apresentados os dados identificatórios da cidade, por meio das representações sociais, possibilitando que a identidade cultural, as práticas sociais, a relação e o vínculo com a cidade fossem trazidos, bem como a percepção sobre os processos acontecidos na cidade. Foram destacados o Sítio Histórico, a Olinda antiga, com seus monumentos e casarios de construção seculares preservados. Olinda apareceu como um painel singular nos seus discursos. Foi possível perceber a rede de significantes privilegiados utilizados, que mostraram a cidade e a história que encerram. Surgiram as fases de apogeu e poder, de declínio e destruição que a cidade viveu, com suas batalhas, lutas, perdas e lutos, e as tentativas de elaboração desses traumas que marcaram a memória dos olindenses, ao longo de sua história. Os fatos dramáticos foram oralmente repassados pelas gerações e permanecem vivos. Foram destacadas ainda as relações entre as cidades de Olinda e Recife e entre os olindenses e os recifenses, suas disputas e rivalidades. Principalmente a expansão urbana vivida recentemente, que trouxe uma nova realidade para a cidade de Olinda, o crescimento e surgimento de novos bairros em direção à zona rural e a sua orla marítima. Os depoimentos revelaram a história recente e a nova vocação de Olinda, a partir dos anos 50/60 do século passado. Há quatro décadas a cidade vem se transformando num imenso pólo cultural, com artistas e ateliês em seu Sítio Histórico, com uma intensa produção artística que lhe deu o título de Primeira Capital Cultural do país, em 2006. Ela, que já havia recebido o título da UNESCO de cidade Patrimônio Cultural da Humanidade, em 1982, entrou em outra fase que lhe aponta esta nova singularidade: Olinda superou suas perdas por meio das artes e voltou a ter um lugar de destaque no país

Topics: Memória, História, Cidade, Transformações, Arte, Olinda, Pernambuco, Memory, Art, Transformation, City, History
Publisher: Programa de Pós- Graduação em História da UFBA
Year: 2008
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFBA:oai:192.168.11:11:ri/11230
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.