Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Frevos para clarinete: uma historia de resistencia a cada passo

By Jailson Raulino da Silva

Abstract

175f.No intuito de coletar dados para esta pesquisa, conduzimos uma busca por meio de gravações, partituras, artigos, revistas e livros, além de entrevistas, sendo enfim selecionado um repertório de frevos para clarineta solo. Após o levantamento de um repertório de frevos para clarineta solo, observamos a necessidade de direcionar uma investigação sob uma perspectiva etnomusicológica, mais especificamente no campo da teoria poscolonial, no intuito de identificar e somar elementos contributivos para a performance, favorecendo ainda ao tratamento do material selecionado. Numa contextualização historiográfica, procuramos evidenciar os processos sociais determinantes na constituição de um perfil identitário, que se relacionaram com a presença da clarineta nesta referida cena musical, no contexto do carnaval e do desenvolvimento da banda de música no Brasil, especificamente no Recife. Esta abordagem permitiu-nos apreender melhor a dinâmica das transformações das práticas musicais em si e a relação dos músicos com a sociedade e suas mutações. Observamos, neste caráter de dinâmica e transformação, que a música apresenta-se como um vetor de comunicação entre a sociedade, sua cultura e, consequentemente, com os componentes identitários decorrentes. Ainda fizemos algumas considerações, do ponto de vista técnico-instrumental e composicional, sobre elementos que influenciaram os componentes constitutivos destes frevos e que podem contribuir para a performance e pedagogia do instrumento, a clarineta. Apontamos para o aproveitamento do material supracitado, de forma que seja considerado mais ampla e profundamente o contexto social na formação do instrumentista. Procuramos, portanto, abordar o frevo como produto musical da banda de música. A banda foi vista como agente cultural e/ou como fonte geradora de novos gêneros e formações instrumentais no contexto do desenvolvimento da cultura pernambucana e suas influências externas. Abordamos também a presença da clarineta neste panorama musical pelo fato da existência de frevos para clarineta solo incrementar a história da clarineta no Brasil. Procuramos, neste trabalho, adequá-los aos dados coletados, sendo relevante ainda, considerar alguns fatores como: indústria fonográfica, mídia em geral, política cultural local e global que interferem diretamente no controle conceptivo da música popular. A partir deste enquadramento foram estudados diferentes universos musicais e sociais, associados à cultura pernambucana e, que de algum modo, constituem vizinhanças conceptuais para a análise quer do frevo quer da clarineta. Portanto, com evidência no caráter histórico da clarineta e do frevo, dentre as diversas categorias do gênero, focalizamos os frevos para clarineta solo e com intervenções solistas para ela, escritos por clarinetistas compositores. Observamos alguns aspectos do tratamento composicional, considerando o fato dos compositores serem clarinetistas, dentro de um elenco de clarinetistas que se destacaram no universo do frevo, quer como compositor, quer como instrumentista. Também, ressaltamos componentes interpretativos, a partir de análise de gravações, focalizando as suas contribuições para a performance instrumental

Year: 2008
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFBA:oai:192.168.11:11:ri/9078
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.