Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

REVISTA DE CIÊNCIAS MÉDICAS E BIOLÓGICAS

By Jener Gonçalves Farias, Gleicy Gabriela V. Spinola Carneiro, Vânia C. R. da Silva, José R. M. Rocha, Anna K. B. de Moraes, Maria I. D. de Medeiros and Wilton W. N. Padilha

Abstract

p. 214-221O cirurgião dentista está potencialmente exposto à transmissão vertical e horizontal de várias doenças contagiosas, em especial a hepatite viral, por meio de contato com sangue, mucosa e secreções bucais de pacientes, muitos dos quais podem estar assintomáticos. Pesquisa que envolveu 154 estudantes de Odontologia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com o objetivo de verificar a prevalência presumível de hepatites virais e seu perfil de proteção, constatou que, dos 154 estudantes entrevistados, 131 deles (85,1%) afirmaram não ter tido hepatite, enquanto 21 (13,6%) afirmaram ter tido hepatite, sendo que 2 estudantes não se lembravam se tiveram ou não hepatite. Quanto à cobertura vacinal, 85 (55,2%) entrevistados disseram ter tomado vacina e 37 (24%) afirmaram não ter tomado vacina. Dentre aqueles que foram vacinados, 37 (43,5%) disseram ter tomado as três doses. A conscientização do profissional para a ocorrência do risco de transmissão de doenças, desde o período de formação acadêmica, oferece maior segurança não só a ele, mas também a seus pacientes e familiares

Topics: Hepatite - vírus, estudantes de Odontologia, sorologia
Year: 2006
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFBA:oai:192.168.11:11:ri/1564
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.