Location of Repository

Prevalência da infecção pelo vírus B na comunidade hospitalar

By Henrique Sergio Moraes Coelho, Sofia Regina Teixeira Artemenko, Carmen Nogueira Martins, Diana Maul de Carvalho, Joaquim Valente, Eloisa Costa Rodrigues, Lilian dos Santos Alves and Maria Luiza de Matos Martins

Abstract

Estudou-se a prevalência de marcadores para a hepatite B (HBsAg, AntiHBc e AntiHBs) em profissionais de saúde, a fim de identificar grupos de maior risco onde estaria indicada a vacinação pré-exposição. Comparando-os com os funcionários administrativos do mesmo hospital, observamos índices significativamente superiores em grupos como cirurgiões (40,0%) e profissionais de hemodiálise (36,4%), que apresentaram taxas deferimentos no trabalho, de, respectivamente, 93,3% e 77,3%. Outros grupos mostraram grande aumento da prevalência em função do maior tempo de atuação profissional, comprovando seu risco. Outras formas de transmissão, como transfusão e contato íntimo com portadores de hapatite, não tiveram significância. Os autores concluíram que a vacinação está indicada em cirurgiões e profissionais de hemodiálise, bem como dentistas e técnicos de laboratório

Topics: Hepatite B, Profissionais de saúde, Arctic medicine. Tropical medicine, RC955-962
Publisher: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT)
Year: 1990
DOI identifier: 10.1590/S0037-86821990000200002
OAI identifier: oai:doaj.org/article:e3e5a863a6954428a140a99b9d3836e7
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1678-9849 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/e3e5a... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.