Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

A diversidade do HIV-1: uma ferramenta para o estudo da pandemia

By Mônica Edelenyi Pinto and Claudio José Struchiner

Abstract

Uma das características mais marcantes do HIV-1 é a imensa diversidade observada entre as cepas que compõem a pandemia de HIV/AIDS. Na última década, a classificação das variantes do vírus em grupos, subtipos e formas recombinantes circulantes (CRF) e a observação de padrões específicos de mutação têm provado serem ferramentas poderosas para os estudos da dinâmica molecular do vírus. O acompanhamento da distribuição mundial da diversidade do HIV-1 tem sido empregado, por exemplo, em programas de vigilância epidemiológica, bem como na reconstrução da história de epidemias regionais. Além disto, a observação de padrões específicos de distribuição espacial do vírus sugere a existência de diferenças na patogenia e transmissibilidade entre os diversos subtipos. A análise molecular das seqüências do vírus também permite a estimativa do tempo de divergência entre as variantes e das forças dinâmicas que modelam as árvores filogenéticas

Topics: HIV-1, Síndrome de Imunodeficiência Adquirida, Epidemiologia Molecular, Medicine, R, Public aspects of medicine, RA1-1270
Publisher: Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz
OAI identifier: oai:doaj.org/article:69bc46e595da4d448d0c4c68ff4e91c1
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1678-4464 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/69bc4... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.