Location of Repository

Ressincronização cardíaca e terapia celular: existe terapia associativa?

By Oswaldo T. Greco, Rafael L. Greco, Ana C. Abreu, José Luiz B. Jacob, Roberto V. Ardito, Roberto T. Takeda, Adelino Parro Junior, Fernando V. Sallis, Mario R. Lago and Milton A. Ruiz

Abstract

Nos últimos anos, a terapia de ressincronização cardíaca tem sido uma conduta bem definida para pacientes com insuficiência cardíaca (IC), classe funcional III ou IV, que não tiveram resposta à otimização terapêutica. Estudos já mostraram esta eficácia, mas um grupo bem definido de miocardiopatias dilatadas com áreas de fibrose não tem tido o mesmo sucesso (30%-40%). Por isto decidimos associar a estes pacientes o implante de células-tronco. A partir de 04/2005 iniciamos estes implantes em pacientes (pcs.) com IC, classe funcional III/IV, otmizados e fração de ejeção <35% com dissincronia ventricular. Total de 25 pacientes (16 homens), idade entre 30-80anos (média de 58) e 44% de etiologia chagásica (11 pcs). Ressincronização e terapia celular foram por via epicárdica (12 pcs) e endocárdica (13 pcs) e a seleção celular pela filtração por Ficoll e 3.0x10(8) de células infundidas CD34 + (5,0 x 10(6)) e CD 133 + (2,5 x 10(6)). Após 24 meses de evolução observamos que 84,8% destes pcs permaneceram vivos e a mortalidade (15,2%) não estava relacionada ao procedimento. A sobrevida dos portadores de marcapasso foi maior (52,4%) e os chagásicos tiveram uma pior sobrevida, mas com teste de long-rank de 0,218 e 0,626, respectivamente. Nos casos de pcs com ressincronizador isoladamente, os resultados não parecem ser tão bons,e nós optamos pela associação de células-tronco como uma alternativa segura e adequada para estes graves pcs com insuficiência cardíaca e miocardiopatia dilatada

Topics: Ressincronização cardíaca, células-tronco, insuficiência cardíaca, Diseases of the blood and blood-forming organs, RC633-647.5
Publisher: Elsevier
DOI identifier: 10.1590/S1516-84842009005000025
OAI identifier: oai:doaj.org/article:6e95cc82f2944bd1b8c39fee7e289ce6
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1806-0870 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/6e95c... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.