Location of Repository

A construção do tabagismo como problema de Saúde Pública: uma confluência entre interesses políticos e processos de legitimação científica

By Mary Jane Paris Spink, Milena Silva Lisboa and Flávia Regina Guedes Ribeiro

Abstract

O objetivo deste artigo é analisar alguns aspectos do processo de construção do tabagismo como problema de Saúde Pública no contexto de formulação de políticas sanitárias transnacionais. Adotando a perspectiva construcionista, partimos do pressuposto de que fenômenos sociais são construções coletivas, historicamente situadas e culturalmente contingentes, e argumentamos ser necessária a participação de diversos atores sociais que atuem como porta-vozes de comunidades específicas - econômicas, políticas, sociais ou científicas - para a emergência do tabagismo como problema de Saúde Pública. Propomos que o atual cenário da luta antitabagismo resulta da confluência de duas narrativas: de um lado, a constituição do tabagismo como problema de saúde e, de outro, a emergência do cenário político transnacional próprio da sociedade globalizada

Topics: Salud pública, Tabaquismo, Convención-cuado para control del tabaco, Public aspects of medicine, RA1-1270
Publisher: Faculdade de Medicina de Botucatu (Unesp)
Year: 2009
DOI identifier: 10.1590/S1414-32832009000200009
OAI identifier: oai:doaj.org/article:2f742f4acfa24c7aaac2f85981a36ca0
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1807-5762 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/2f742... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.