Location of Repository

Como os profissionais da atenção primária percebem e desenvolvem a Educação Popular em Saúde?

By Tácia Maria Pereira Flisch, Rodrigo Henrique Alves, Thiara Amanda Corrêa de Almeida, Heloísa de Carvalho Torres, Virginia Torres Schall and Dener Carlos dos Reis

Abstract

O objetivo do estudo foi analisar percepções e experiências em Educação em Saúde de 166 profissionais de equipes de Saúde da Família de Contagem (MG, Brasil), que responderam um questionário sobre práticas de Educação em Saúde. Os participantes consideraram aspectos além da finalidade informativa, ao relatar práticas voltadas à qualidade de vida e à formação humana. Todas as categorias profissionais mencionaram uma maior participação em grupos de controle da hipertensão arterial sistêmica e diabetes mellitus. Utilizam a pedagogia de Paulo Freire 4,7% dos entrevistados. Termos que demonstram a intencionalidade política, como “controle social” e “Educação Popular em Saúde” não foram mencionados. Foi constatada a necessidade de processos de educação permanente para os profissionais e implementação da política nacional de Educação Popular em Saúde

Topics: Educación en Salud, Promoción de la Salud, Salud de la Familia, Atención Primaria de la Salud, Public aspects of medicine, RA1-1270
Publisher: Faculdade de Medicina de Botucatu (Unesp)
Year: 2014
DOI identifier: 10.1590/1807-57622013.0344
OAI identifier: oai:doaj.org/article:48454ef356b447df94467c947745084b
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1807-5762 (external link)
  • http://www.scielosp.org/scielo... (external link)
  • https://doaj.org/article/48454... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.