Location of Repository

Campos e Redes na Análise das Organizações: Explorando Distinções Teóricas e Complementaridades Metodológicas

By Silvio Eduardo Alvarez Candido, Mário Sacomano Neto and Mauro Rocha Côrtes

Abstract

Neste ensaio, exploramos as distinções teóricas e complementaridades metodológicas existentes entre abordagens que conceitualizam as estruturas sociais com base nas noções de campos e redes. Essas perspectivas se opõem tanto à visão atomizada quanto à supersocializada da ação e buscam superar a dicotomia entre estrutura e agência, mas possuem diferenças conceituais importantes Aspectos conceituais são discutidos a fim de explicitar as diferenças entre as abordagens enfocadas. Apontamos que a forma como a noção de campo é utilizada por autores como Pierre Bourdieu e Neil Fligstein é articulada em um referencial teórico relacional, no qual a definição da estrutura é inseparável da de agência e do poder, possibilitando a superação de limitações das estruturas como redes. Enfim, argumentamos que o uso das técnicas de análise de redes pode ser orientado pelas teorias de campo

Topics: Campos, Redes, Estrutura Social, Cultura, Poder., Social Sciences, H, Social sciences (General), H1-99
Publisher: Universidade Federal de Minas de Gerais
Year: 2016
OAI identifier: oai:doaj.org/article:aaae05e3600e4b68a29c7ef7b1cf233f
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1980-5756 (external link)
  • https://www.gestaoesociedade.o... (external link)
  • https://doaj.org/article/aaae0... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.