Article thumbnail
Location of Repository

LUTA POR RECONHECIMENTO: A FILOSOFIA SOCIAL DO JOVEM HEGEL SEGUNDO HONNETH

By Herbert Barucci RAVAGNANI

Abstract

A discussão filosófica contemporânea acerca dos conflitos sociais se encontrapautada pelas contrariedades da configuração política atual que, um tanto quanto não encerrada exclusivamente pelos conflitos de classe, se manifesta sob o signo do não reconhecimento de diferenças culturais, de gênero, de raça, étnicas e de orientação sexual. É nesse sentido que se justificam as tentativas de atualização de um modelo teórico que centralize a noção de reconhecimento, tal como fizera o jovem Hegel, para a compreensão dessas novas lutas sociais. Portanto, neste artigo procurou-se examinar a influência do pensamento do jovem Hegel na elaboração da teoria do reconhecimento de Axel Honneth, o principal sistematizador de uma atualização do modelo hegeliano, tendo por objetivo evidenciar a importância de se examinar as fontes teóricas que propiciaram o instrumental categorial do reconhecimento

Topics: Hegel; Honneth; reconhecimento; luta social; Teoria Crítica.
Publisher: Kínesis - Revista de Estudos dos Pós-Graduandos em Filosofia
Year: 2014
DOI identifier: 10.5555/k.v1i01.4291
OAI identifier: oai:clacso:br/br-050:article4291oai
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://biblioteca.clacso.edu.a... (external link)
  • http://www2.marilia.unesp.br/r... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.