Article thumbnail
Location of Repository

A percepção dos trabalhadores sobre os riscos de distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho na produção de rosas

By Sergio Roberto de Lucca, Marcio Zamuner Cortez and Thais Tosetto

Abstract

Behind the beauty of a rose there is hard work, which largely employs physical strength and dexterity of delicate female hands, making them callous by the "elements" of everyday work. This study assessed the workers’ perceptions regarding ergonomic risk factors (biomechanical) present in their work stations by integrating the researchers’ look to identify critical situations for work-related musculoskeletal disorders and the information from workers. In the first phase, activities in the work stations since cultivation, and harvest, to the preparation for sale, were identified and observed. All work stations in the production process were observed, photographed and videotaped. In the second phase, the workers answered a semi structured questionnaire and reported their perceptions about the risks at work. The research, which aimed to establish an interface between the researchers’ and workers’ perceptions, stressed the importance of teamwork, job satisfaction, and autonomy as ways of protecting from sickness and decreasing the effects of biomechanical overload.Por trás da beleza de uma rosa, existe um trabalho árduo e que emprega em grande parte a força física e a destreza de delicadas mãos femininas, tornando-as calejadas pelas intempéries do cotidiano laboral. O presente estudo avaliou a percepção dos trabalhadores quanto aos fatores de risco ergonômicos (biomecânicos) presentes em seus postos de trabalho, integrando o olhar dos pesquisadores na identificação de situações críticas para distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho, e as informações dos trabalhadores. Na primeira fase foram identificadas e observadas as atividades dos postos de trabalho desde o cultivo, colheita até a preparação para venda. Todos os postos de trabalho do processo produtivo foram observados, fotografados e filmados. Na segunda fase os trabalhadores responderam um questionário semi estruturado e relataram as suas percepções a respeito dos riscos no trabalho. A pesquisa que se propôs a estabelecer uma interface entre a percepção dos pesquisadores e a dos trabalhadores evidenciou a importância do trabalho em equipe, da satisfação no trabalho e autonomia como meios de proteção ao adoecimento e diminuição dos efeitos da sobrecarga biomecânica

Topics: Agricultural labor; Musculoskeletal disorder; Risk perception;, Trabalho Agrícola; Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho; Percepção de Riscos;
Publisher: REDD – Revista Espaço de Diálogo e Desconexão
Year: 2012
OAI identifier: oai:clacso:br/br-048:article5049oai
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://biblioteca.clacso.edu.a... (external link)
  • http://seer.fclar.unesp.br/red... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.