Article thumbnail
Location of Repository

Da Folio à Bibliofolie: o mundo dos livros em poemas de Jacques Prévert

By Eclair Antonio Almeida Filho

Abstract

In this work, the author attempts to reveal in Jacques Prévert’s poetic work how this poet concepts an idea of an open book that’s always in a state of recreation. We must add that the Prévert’s book project serves as a vehicle for the most diverse artistic manifestations. Unlike the romantic conception of the book, the book in Prévert’s poetry isn’t an individual project. Otherwise, Prévert concepts his works under a collective perspective. Instead the bibliophily Prévert prefers bibliofolie (bibliofolly). In the bibliofolie, the personnages of the books read by Prévert visit prevertian work as well as they pass through it. Between the works that are present in the biblipholly there are permutation, movement and transit. The bibliofolie set the books free from the limits imposed by the objetal and graphic form of their binding. In this way, the books aren’t a simple numerical continuation of the library: they are a recreation of literary world. Keywords: Jacques Prévert. Bibliofolie (bibliofolly). Recreation. Books. Lecture. Writing.Neste artigo, propomo-nos a mostrar como Prévert concebe em alguns de seus poemas a idéia de um livro aberto que, a partir do objeto-livro e dele se libertando, sempre se recrie. Acrescentemos que, para nós, o projeto do livro em Prévert serve de uma só vez de suporte e de veiculação para as mais diversas manifestações artísticas. Diferentemente da concepção romântica, o livro em Prévert não é um projeto individual, mas coletivo. À bibliofilie (bibliofilia, culto aos livros) Prévert prefere a bibliofolie (loucura e folia dos livros). Na bibliofolie, os personagens dos livros que o poeta leu visitam a obra prevertiana bem como passam por ela. Há entre as obras permutação, movimento e trânsito; o livro se liberta dos limites impostos por sua forma objetal, gráfica, de sua encadernação. Assim, eles não são mais apenas uma continuação numérica da biblioteca, mas uma recriação bem como uma recreação do mundo literário. Palavras-Chave: Jacques Prévert. Bibliofolie. Recreação. Livros. Leitura. Escritura

Topics: Jacques Prévert; Bibliofolie; Recreação; Livros; Leitura. Escritura; Recreation; Books; Lecture; Writing.
Publisher: Lettres Françaises
Year: 2008
OAI identifier: oai:clacso:br/br-048:article732oai
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://biblioteca.clacso.edu.a... (external link)
  • http://seer.fclar.unesp.br/let... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.