Article thumbnail

Um estudo didático do pitágoras teorema de em classe de 8ª série

By Adriana Machado Barrim Teixeira

Abstract

TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Curso de Matemática.Na geometria Euclidiana, o Teorema de Pitagoras é considerado um teorema chave pelos matemáticos. Sao inúmeros os problemas de Geometria, tanto Plana como Espacial, onde o Teorema de Pitágoras é ferramenta na sua resolução. Faremos neste trabalho um estudo didático sobre o Teorema de Pitagoras. De maneira geral, segundo Grenier (1996), a didática matemática interessa-se a construção do saber matemático, ao funcionamento e as condições de aprendizagem dos conhecimentos. Um dos ramos da pesquisa em didática matemática, ou seja, da Educação Matemática, investiga o comportamento de um determinado conteúdo (objeto de estudo) do ponto de vista da antropologia, buscando identificar os elementos que formam o seu habitat, as transformações evolutivas que sofreu ao longo dos anos, como se comporta em diferentes ambientes etc. 0 objetivo de nosso trabalho é o de explicitar elementos da transposição didática realizada sobre o Teorema de Pitagoras como objeto do "saber a ensinar" I ao "saber ensinado"2

Topics: Números irracionais, Números transcendentes, Matemática
Year: 2003
OAI identifier: oai:repositorio.ufsc.br:123456789/96605

To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.

Suggested articles

Citations

  1. (1998). 26 B: onze. Area ao quadrado é ii raiz ao quadrado. Area ao quadrado é 11. E isso."
  2. A área é. doi
  3. A: Tá a área é onze (risos). Onze o que? Não tern.
  4. A: Tá mais tu quer saber, quanta vale o lado do quadrado.
  5. A: Tipo tu nunca dá a area de um lugar é 2m 6 2m 2. Ou onze alguma coisa ao quadrado.
  6. A:Tá mais vale 11.
  7. C: raiz quadrada de 11, raiz quadra de 11. doi
  8. C: raiz quadrada de onze ao quadrado.
  9. da área do triângulo? Nó, base vezes altura dividido por 2? E um negócio assim.
  10. decomposição de figuras e teorema de pitagoras.
  11. Deve ser 11 m 2, não sei, mas na real todos os cálculos é onze. Tu concorda que todos os cálculos 6 onze.
  12. Deve ser 11. doi
  13. em dúvida sei cm 2 ? E 1m2, mas não especifica." Justificam a solução. Para a dupla uma unidade de area ado especificada tomou-se um grande problema. "4. L: Isso aqui é hipotenusa.
  14. então é essa mais esse ao quadrado.
  15. L: x2 -= +(2-51 então, x2 r- 3 +4.2 é nó?" Refazem passo a passo, pois Fernando apresenta uma outra resposta: "10. L: Não, chi 11...3 +8, dá11, né agora não da mais.
  16. (1996). LIMA, Elon Lages (a). Meu Professor de Matemática e outras histórias: Mania de Pitagoras. Coleção do Professor de Matemática — Sociedade Brasileira de Matemática. Rio de Janeiro: doi
  17. Mas é quadrado.
  18. Muito simples, cara, o outro era mais complicado.
  19. não cita nada aqui. Só pede a area. Sistema universal de unidade,
  20. Não vale x igual ." A Solução determinada: A solução vem após concluir que falta uma unidade de medida para definir a área: "30. A: Tá onze que.
  21. onde que da 11? Isso aqui tem que fazer assim.
  22. Onze m 2, sei lá o que. 32_ A: Tá mas não tem metros ai 31 B: Tá não tem ... não tem unidade de medida. E onze a resposta, mas tás preocupada com a unidade.
  23. Qual a area?
  24. Quanto que é 21 A: 11. Tu corta faz raiz.
  25. raiz quadrada não. E onze ao quadrado.
  26. Ram! E onze alguma coisa, falta alguma coisa. doi
  27. Tá mas não diz que coisa que é.
  28. Tá resposta da area é 11. Área doi
  29. vezes altura dá "hi e altura Ta a resposta." "18. B: valor de x vai dar 11. Agora qual é a area.