Article thumbnail

Aptidão física e actividade física da população escolar do distrito de Vila Real : Um Estudo em crianças e jovens de ambos os sexos dos 10 aos 18 anos de idade

By Manuel Vitorino Teixeira Cardoso

Abstract

Dissertação de Mestrado em Ciência do Desporto, área de especialização em Desporto de Recreação e Lazer, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do PortoO presente estudo pretende "radiografar" o estado de Aptidão Física e da Actividade Física Habitual nas crianças e jovens do distrito de Vila Real.Os seus propósitos são os seguintes: (1) identificar os níveis de aptidão e actividade física referenciada à saúde em crianças e jovens de ambos os sexos com idades compreendidas entre os 10 e 18 anos de idade; (2) verificar se os níveis de aptidão e actividade física se comportam de igual modo em ambos os sexos; (3) se os rapazes possuem níveis de aptidão e actividade física superiores às raparigas e se estes aumentam com a idade; (4) facultar elementos que possam dotar a rede escolar do distrito de Vila Real em informações por forma à adopção de estratégias para elevarem o nível de aptidão física e actividade física dos alunos em relação à saúde.A amostra é constituída por 786 alunos, 395 de sexo masculino e 391 do sexo feminino, do 5º ao 12º anos de escolaridade entre os 10 e 18 anos de idade, do distrito de Vila Real.A avaliação criterial da aptidão física foi feita através da bateria de testes "Prudential Fitnessgram" nas seguintes provas: Curl-up, Push-up, Trunk-lift e a Milha.Para avaliar a actividade física foi utilizado o Questionário de Baecke et al. (1982), o qual permite estimar os índices de actividade física no trabalho/escola (IAFE), índice de actividade física no tempo de lazer (IAFL), índice de actividade física no desporto (IAFD) e índice de actividade física total (IAFT).Os procedimentos estatísticos usados foram os seguintes: (1) para estimar a fiabilidade dos resultados utilizamos o coeficiente de correlação intra-classe (R) e o erro padrão de medida (Epm); (2) a descrição das variáveis foi feita através da média (m) e do desvio padrão (dp); (3) a comparação entre sexos, em cada intervalo de idade, foi realizado a partir do t-Teste de medidas independentes; (4) a comparação das médias ao longo dos anos de escolaridade e intervalos de idade foi feita com base na ANOVA a 1 factor (One-Way ANOVA) ..

Publisher: Universidade do Porto. Reitoria
Year: 2000
OAI identifier: oai:repositorio-aberto.up.pt:10216/10057
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://hdl.handle.net/10216/10... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.