Article thumbnail

Análise das abordagens e estratégias de intervenção usadas na equitação com fins terapêuticos

By Vânia Alexandra de Matos Freitas

Abstract

Objectivos: Com este trabalho pretendemos identificar e sistematizar linhas orientadoras referentes a boas práticas na implementação da equitação com fins terapêuticos, bem como, examinar as dimensões de impacte desta intervenção sobre crianças/jovens em situação de incapacidade. Método: Este trabalho desenvolveu-se em torno de três planos de estudo. O primeiro consistiu numa revisão sistemática da literatura, onde foram analisados 60 estudos que reportavam a implementação da intervenção em foco. Num segundo estudo, focado na perspectiva de peritos na implementação da terapia, foram desenvolvidos dois grupos focais com 12 participantes, recrutados mediante amostragem de conveniência. No terceiro estudo, exploramos a perspectiva de dez pais sobre esta terapia - também eles selecionados por conveniência -, através da realização de uma entrevista semi- estruturada. Os grupos focais e as entrevistas foram objeto de gravação áudio, com posterior transcrição e análise de conteúdo. Resultados/ Discussão: Os resultados deste estudo parecem sugerir um consenso alargado no que se refere ao impacte positivo da Equitação com Fins Terapêuticos em dimensões da funcionalidade que se reportam, não só, a aspectos da mobilidade, mas também, a aspectos da interação/ comunicação e competências subjacentes à aprendizagem - frequentemente nomeados na análise do impacte em contexto escolar. Abordagens associadas ao sucesso e às boas práticas, foram alocadas a factores relativos à qualidade técnica dos profissionais, à segurança e à necessidade de avaliar e definir objetivos para cada criança/ jovem.Objectives: This study aimed to identify and systematize guidelines leading good practices in the implementation of horseback riding with therapeutic purposes, as well as, examine the impact dimensions of this intervention on children/young people with disability. Method: Three study plans were used. The first consisted in systematic literature revision, where 60 studies were analyzed. These reported the implementation of interventions mediated the therapy in examination. A second study, focused on the perspective of experts in the therapy implementation, two focus groups, with 12 participants each, were developed recruited in a sampling of convenience. In a third study, we explored the perspective of ten parents about this therapy, trough semi structured interviews. The focus groups and the interviews were recorded with subsequent transcription and content analysis. Results/ Discussion: The results of this study seem to suggest a broadened consensus in what refers to the positive impact of horseback riding with therapeutic purposes in the dimension functionality, that report not only to mobility aspects, but also to aspects of interaction/communication and competences pertaining to learning – frequently named in the analysis of the impact in scholar context. Approaches associated with the success and good practices, were attributed to factors relative to the technical quality of the professionals, to security and the necessity to evaluate and define objectives for each children/young person

Topics: Equitação com fins terapêuticos, Horseback Riding with Therapeutical purposes, incapacidade,, necessidades adicionais de suporte, inclusão, disability, aditional support necessities
Publisher: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Educação
Year: 2014
OAI identifier: oai:recipp.ipp.pt:10400.22/6770
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://hdl.handle.net/10400.22... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.