Article thumbnail

Comercialização e mercado da castanha

By António Paulo Sousa Franco Santos

Abstract

A castanha continua a desempenhar um importante pa- pel para a sustentabilidade da economia de algumas zo- nas montanhosas da ilha da Madeira, de que é exemplo o Curral das Freiras. Sendo, durante séculos, uma cultura essencialmente feita para o auto-consumo, a sua inserção numa cadeia de valor é um fenómeno recente. Focalizan- do o Curral das Freiras, e contextualizando as evoluções registadas ao longo do tempo, faz-se uma abordagem das principais condições, das etapas e dos intervenientes na comercialização do fruto. Ao traçar o quadro de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da fileira da castanha madeirense, considera-se que o desafio do futuro passará pela adopção de estratégias conducentes à sua maior valorização e à competitividade no mercado, motivando o interesse dos agricultores pela manutenção e pelo desenvolvimento da cultura. Para estes objecti- vos, seleccionaram-se três eixos orientadores: a obten- ção de um sistema de protecção e o reconhecimento da qualidade distinta das produções, o aprofundamento das iniciativas para aumentar a elasticidade do consumo, através de soluções de transformação e a diversificação dos rendimentos obtidos da exploração dos soutos, por meio do exercício de actividades complementares como a apicultura.info:eu-repo/semantics/publishedVersio

Topics: Castanha, Conservação, Comércio, Madeira (Portugal), ., Faculdade de Ciências da Vida
Publisher: Universidade da Madeira
Year: 2018
OAI identifier: oai:digituma.uma.pt:10400.13/2324
Provided by: Digituma
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://hdl.handle.net/10400.13... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.